Mais Lidas

  1. Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo em favela do Rio de Janeiro

    Brasil

    Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo...

  2. China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

    Economia

    China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

  3. Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

    Brasil

    Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

  4. STF dá prazo de cinco dias para Temer se explicar sobre reforma administrativa

    Brasil

    STF dá prazo de cinco dias para Temer se explicar sobre reforma...

  5. Alexandre de Moraes: 'Todos serão investigados'

    Brasil

    Alexandre de Moraes: 'Todos serão investigados'

  6. Johnny Depp nega pensão para ex-mulher

    Entretenimento

    Johnny Depp nega pensão para ex-mulher

  7. Ex-ator mirim sobre pedofilia em Hollywood: ‘Fui molestado por várias pessoas’

    Entretenimento

    Ex-ator mirim sobre pedofilia em Hollywood: ‘Fui molestado por...

  8. Família de Johnny Depp 'odiava' Amber Heard

    Entretenimento

    Família de Johnny Depp 'odiava' Amber Heard

Sérgio Cabral afirma que imagens de viagem a Paris saíram do computador de mulher morta em acidente

Deputado Anthony Garotinho publica, há quatro dias, uma série de fotos e vídeos que mostram a proximidade do governador com o dono da Delta, Fernando Cavendish

- Atualizado em

Sérgio Cabral e Fernando Cavendish em Paris
Sérgio Cabral e Fernando Cavendish em Paris(Reprodução/VEJA)

Depois de quatro dias sob ataques do deputado federal e ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, Sérgio Cabral informou nesta segunda-feira que lamenta o uso de imagens retiradas do arquivo de uma pessoa morta. Segundo o governador, as imagens divulgadas por Garotinho em seu blog, que mostram a relação de proximidade entre Cabral e Fernando Cavendish, saíram do computador de Jordana Kfouri, então namorada do empresário. Ela morreu no ano passado, em um acidente de helicóptero no Sul da Bahia. Outras seis pessoas morreram na ocasião. Na mesma viagem, porém não no mesmo helicóptero, estavam o governador e seu filho Marco Antônio.

Garotinho aproveitou a suspeita de irregularidades no contrato da Delta com o governo estadual para tornar públicas imagens que podem constranger Cabral. No fim de semana, o deputado divulgou um vídeo de um jantar que reuniu o governador do Rio, Sérgio Cabral, sua mulher, Adriana Ancelmo, o empresário Fernando Cavendish, a noiva do empresário, Jordana, o secretário estadual de Saúde Sérgio Cortes e sua mulher, e mais um casal.

No vídeo, o grupo aparece comemorando o aniversário de Adriana. Comenta-se também sobre o futuro casamento de Cavendish com Jordana. "Você é padrinho", diz o empresário ao governador, que, momentos depois, pede aos noivos que se beijem. Durante a conversa, eles marcam a data do casório e um dos integrantes da mesa brinca que seria uma boa data, pois depois poderiam ir para Mangaratiba, onde Cabral tem casa.

Nesta segunda, Garotinho exibiu em seu blog fotos de Cavendish com o secretário de Governo de Sérgio Cabral, Wilson Carlos. Segundo o deputado, a imagem foi capturada no Restaurante La Tour d'Argent, em Paris. Na sexta, Garotinho também divulgou fotos de Cabral com secretários e Cavendish na França. No domingo, foi a vez de ele exibir um vídeo de Cabral, Cavendish e Sérgio Cortes, todos acompanhados por suas mulheres, no show do U2, na Europa.

LEIA TAMBÉM:

Garotinho, agora, divulga imagens de Cabral e Cavendish no show do U2

TAGs:
Sérgio Cabral
Rio de Janeiro
Olimpíada