Mais Lidas

  1. "Não dói no útero, dói na alma", diz vítima de estupro coletivo no Rio

    Brasil

    "Não dói no útero, dói na alma", diz vítima de estupro coletivo no Rio

  2. Pedro Corrêa faz relato contundente de envolvimento de Lula no petrolão

    Brasil

    Pedro Corrêa faz relato contundente de envolvimento de Lula no...

  3. Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo em favela do Rio de Janeiro

    Brasil

    Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo...

  4. Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

    Brasil

    Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

  5. China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

    Economia

    China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

  6. OAB divulga nota em repúdio a estupro coletivo de jovem de 16 anos no Rio

    Brasil

    OAB divulga nota em repúdio a estupro coletivo de jovem de 16 anos...

  7. Após estupro coletivo no Rio, Temer diz que vai criar 'delegacia da mulher' na PF

    Brasil

    Após estupro coletivo no Rio, Temer diz que vai criar 'delegacia da...

  8. Luan Santana termina (de novo) o namoro com Jade Magalhães

    Entretenimento

    Luan Santana termina (de novo) o namoro com Jade Magalhães

Santos Dumont volta a apresentar falha no ar-condicionado

Aeroporto já foi multado pela Anac na semana passada pelo mesmo problema

- Atualizado em

Aeroporto Santos Dumont, Rio de Janeiro
Aeroporto Santos Dumont, Rio de Janeiro(Adriano Ishibashi/Folhapress/VEJA)

Mesmo depois de a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) anunciar uma multa de 250.000 reais à Infraero pelas falhas no sistema de ar-condicionado no aeroporto Santos Dumont, no Rio, passageiros que circularam nesta quarta-feira pelo terminal sofreram com o calor. Treze dias depois do primeiro problema, ventiladores instalados pela estatal e por funcionários de companhias aéreas e de lojas tentavam amenizar a situação.

Apesar das reclamações dos passageiros, a Infraero diz que o problema já foi solucionado. A estatal culpa as altas temperaturas que têm sido registradas no Rio pelo calor no aeroporto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura variou entre 22ºC e 37ºC na cidade.

De acordo com a empresa, medições feitas no Santos Dumont apontam que a temperatura no local têm ficado em torno de 25ºC. A companhia informa ainda que o equipamento que havia tido problema foi consertado e que um adicional continua funcionando temporariamente.

Quem passou nesta quarta pelo aeroporto, teve que improvisar leques com folhas de papel. "Está desconfortável", afirmou a professora Maria do Carmo Santana, de 58 anos, que foi levar amigos de Minas Gerais para embarcar. "Esse é um período de receber muitos turistas. Se o Rio quiser continuar sendo a porta de entrada do Brasil, isso não pode continuar assim", disse, bastante irritada com a situação.

Minutos antes de embarcar para Brasília, a economista Fabiane Carvalho, de 36 anos, também se abanava com uma revista. "Estão demorando para resolver o problema", queixou-se. "Isso mostra que nossa infraestrutura está péssima", acrescentou.

Problemas - A primeira falha no sistema de ar-condicionado do Santos Dumont aconteceu no dia 21. Um dia depois do Natal, passageiros voltaram a sofrer com o calor. Na época, a Infraero explicou que o foi ocasionado por uma falha no gerador que alimenta o sistema de condicionadores de ar. Procurada, a Anac informou que não houve multas adicionais à Infraero.

Conforme explicou na semana passada o presidente da Infraero, Gustavo do Vale, o Santos Dumont é o aeroporto da rede da estatal que exige uma maior potência de ar-condicionado. O terminal de embarque de passageiros é similar a um tubo semitransparente. Quando a temperatura está muito alta, o local vira uma espécie de estufa.

Leia também:

Sem ar-condicionado, aeroportos do Rio viram saunas

Aeroporto Tom Jobim fica às escuras no Rio de Janeiro

(Com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Anac
Rio de Janeiro