Trânsito

Rodovia Fernão Dias tem 43 km de congestionamento

Na Rio-Santos o tráfego é intenso, mas sem pontos de engarrafamento; sistema Anchieta-Imigrantes tem trânsito livre nas duas principais rodovias

Trânsito fica mais carregado no fim da tarde e começo da noite

Trânsito fica mais carregado no fim da tarde e começo da noite (Marcos Bezerra/Futura Press/Folhapress/VEJA)

A rodovia Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte, tem 43 quilômetros de congestionamento no sentido São Paulo, entre os quilômetros 16 e 59, nas regiões de Atibaia e Bragança Paulista, na volta do feriado da Semana Santa. No sentido Minas Gerais, o trânsito é intenso em Itatiaiuçu (MG), em virtude de obras e, na região de Betim, por excesso de veículos que chegam à capital mineira.

Na Castello Branco, no fim da tarde, havia dois pontos de congestionamento, provocados pelo excesso de veículos, com um total de 30 quilômetros de lentidão: na região de Barueri, do quilômetro 30 ao 41, e na região de Itu, do 52 ao 71, segundo informações da CCR Viaoeste. Já a concessionária Autopista Régis Bittencourt informa que o trânsito na rodovia que liga São Paulo a Curitiba tem lentidão de quatro quilômetros na altura de Miracatu (SP).

Na Ayrton Senna, são 20 quilômetros de congestionamentos, na chegada a São Paulo, entre os quilômetros 28 e 40 e do 20 ao 24, e na região de Jacareí, do 77 ao 81. Na Presidente Dutra, o tráfego é intenso na região de Guaratinguetá, entre os quilômetros 64 e 66.

O sistema Anhanguera-Bandeirantes tem tráfego intenso na Anhanguera, na região de Jundiaí, com congestionamentos entre os quilômetros 59 e 64, sentido São Paulo. No mesmo sentido, pela Bandeirantes, os pontos de congestionamentos são dos quilômetros 58 ao 66, do 72 ao 77 e do 92 ao 101. Na rodovia, o tráfego de caminhões entre os quilômetros 48 e 23, sentido São Paulo, é proibido, como ocorre todos os domingos.

Litoral – A rodovia dos Tamoios, que está em obra de duplicação, apresenta tráfego intenso, com 16 quilômetros de lentidão, sentido Caraguatatuba-São José dos Campos. Os trechos mais carregados estão entre o quilômetros 57 e 63 e do 16 ao 26, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

O sistema Anchieta-Imigrantes tem trânsito livre nas duas principais rodovias, mas registra sete quilômetros de lentidão na Padre Manoel da Nóbrega, que dá acesso à subida para São Paulo, do quilômetro 285 ao 292. O sistema opera no sistema 2 x 8, com seis pistas da Imigrantes e duas da Anchieta liberadas sentido São Paulo e as outras duas da Anchieta rumo ao litoral.

Quem trafega no litoral pela rodovia Rio-Santos encontra tráfego intenso, mas sem pontos de congestionamento.

(Com Estadão Conteúdo)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados