Mais Lidas

  1. Para Lula, eleição de Dilma foi seu erro mais grave, revela novo áudio

    Brasil

    Para Lula, eleição de Dilma foi seu erro mais grave, revela novo áudio

  2. Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

    Brasil

    Veja fotos da casa onde adolescente foi estuprada no Rio

  3. Paixão, obsessão e morte

    Entretenimento

    Paixão, obsessão e morte

  4. Comercial chinês de sabão é acusado de ser o mais racista da história

    Mundo

    Comercial chinês de sabão é acusado de ser o mais racista da história

  5. Alvo de investigação, sobrinho de Lula é processado por calotes em série

    Brasil

    Alvo de investigação, sobrinho de Lula é processado por calotes em...

  6. A selvageria continua: bandidos fazem ofensiva para difamar vítima de estupro coletivo

    Brasil

    A selvageria continua: bandidos fazem ofensiva para difamar vítima...

  7. Luana Piovani tem nude disparado pelo marido

    Entretenimento

    Luana Piovani tem nude disparado pelo marido

  8. Marido toma gosto e posta nova foto sensual de Luana Piovani

    Entretenimento

    Marido toma gosto e posta nova foto sensual de Luana Piovani

PT alega 'cansaço' de Vaccari para tirar tesoureiro de Itaipu

Apontado por delator como responsável por captar o dinheiro do petrolão para o PT, João Vaccari Neto ocupa cargo de confiança em outra estatal

Por: Felipe Frazão, do Rio de Janeiro - Atualizado em

João Vaccari Neto, bancário, tesoureiro do PT, ex-presidente da Bancoop, em 2010
João Vaccari Neto, bancário, tesoureiro do PT, ex-presidente da Bancoop, em 2010(Sergio Dutti/AE/VEJA)

Arrastado para o centro do escândalo do petrolão, o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, vai pedir afastamento do cargo que ocupa no Conselho de Administração da Itaipu Binacional. Embora o grupo de conselheiros se reúna apenas a cada dois meses, conforme o regimento da usina, o partido alega que a decisão se deve a "cansaço". Vaccari foi apontado pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa de ser o elo do PT com o megaesquema de desvio de dinheiro da estatal, mas continua a fazer parte, oficialmente, do grupo de conselheiros da hidrelétrica indicados pelo governo federal.

Leia também:

Tesoureiro do PT citado no petrolão é delegado da campanha de Dilma

Vaccari comunicou ao partido que deixará o cargo de confiança antes de terminar seu mandato de quatro anos. As reuniões do conselho ocorrem alternadamente, no Brasil e no Paraguai. Ele recebe cerca de 20.000 reais mensais pela função. "Eu sei pelo Vaccari, meses atrás, que ele não pretende continuar. Na próxima reunião do conselho de Itaipu ele vai comunicar a saída dele no final do governo Dilma, embora o mandato dele vá até 2016", disse o presidente nacional do PT, Rui Falcão. "Ele está lá desde 2002, está cansado e quer se dedicar integralmente [ao partido]. Está cansado de se dividir entre atividades diferentes."

Por enquanto, o partido poupou Vaccari. A presidente Dilma esquiva-se de comentar o caso do tesoureiro, afirmando não ter mandato para falar sobre decisões do partido - ele, no entanto, tem funções de confiança na campanha. Falcão disse que as acusações contra o tesoureiro são "vagas" e que "não há nenhuma razão para afastá-lo da sigla".

TAGs:
Itaipu
Petrobras
João Vaccari Neto