Mais Lidas

  1. Saiba como observar a chuva de meteoros desta madrugada

    Ciência

    Saiba como observar a chuva de meteoros desta madrugada

  2. Delcídio deve comparecer à CCJ e comprometer Lula e Renan na Lava Jato

    Brasil

    Delcídio deve comparecer à CCJ e comprometer Lula e Renan na Lava Jato

  3. Substituto de Cunha tem nas mãos impeachment de Temer - e causa preocupação

    Brasil

    Substituto de Cunha tem nas mãos impeachment de Temer - e causa...

  4. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  5. Por unanimidade, STF afasta Eduardo Cunha do mandato

    Brasil

    Por unanimidade, STF afasta Eduardo Cunha do mandato

  6. Afastado pelo STF, Cunha fala em retaliação política pelo impeachment

    Brasil

    Afastado pelo STF, Cunha fala em retaliação política pelo impeachment

  7. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  8. Vocalista do Rappa descobre que é pai de jovem de 17 anos

    Entretenimento

    Vocalista do Rappa descobre que é pai de jovem de 17 anos

PSDB estuda pedir ao Ministério Público apuração sobre ação Lula

VEJA desta semana mostra que o publicitário Marcos Valério começa a revelar segredos - entre eles, o fato de que o ex-presidente sabia do esquema

- Atualizado em

O CHEFE:  Segredo guardados por Valério põem o ex-presidente Lula no centro do esquema do mensalão
O CHEFE: Segredo guardados por Valério põem o ex-presidente Lula no centro do esquema do mensalão (DIOGO MOREIRA/FOLHAPRESS/VEJA)

O PSDB estuda pedir ao Ministério Público que investigue a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no mensalão. Reportagem de capa de VEJA desta semana mostra que o publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza começa a revelar segredos sobre o maior esquema de corrupção da história do país - entre eles, o fato de que o ex-presidente sabia de tudo.

Na oposição, há a expectativa de que novas revelações e detalhes do esquema venham à tona por outros réus que esperavam proteção, mas que estão sendo condenados no julgamento do processo, em curso no Supremo Tribunal Federal (STF). "A perspectiva de prisão vai soltar a língua de muita gente", afirmou o líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR). "Isso é explosivo. É a primeira vez que as suspeitas se confirmam pelo depoimento da figura central, que é Marcos Valério", afirmou o presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN).

Na avaliação do líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR), ninguém monta um esquema de arrecadação como o do mensalão sem uma forte garantia. "Em um esquema criado no coração do governo é evidente que o presidente sabia e avalizava. Nós sabíamos que José Dirceu (ministro da Casa Civil) operava e que Delúbio (ex-tesoureiro Delúbio Soares) distribuía o dinheiro, com a orientação do presidente", disse. "A garantia era o presidente. Marcos Valério não ia entrar nessa sem essa garantia", completou.

PT reage - O líder do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto (SP), tento desqualificar o publicitário. Tatto afirmou que Marcos Valério teve várias oportunidades - quando a denúncia foi feita ou quando prestou esclarecimentos ao Ministério Público - para contar o que sabia. "Se ele não o fez antes, é porque agora está mentindo", disse Tatto. "É uma fala de um réu, de uma pessoa que está na iminência de ir para a cadeia. A credibilidade não existe. É a fala de quem está desesperado e tenta envolver outras pessoas de bem", completou Tatto. O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, disse que as denúncias demonstram apenas que Marcos Valério está desequilibrado psicologicamente.

(Com Agência Estado)