Mais Lidas

  1. O PT assaltou até funcionários públicos endividados

    Brasil

    O PT assaltou até funcionários públicos endividados

  2. Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

    Mundo

    Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

  3. Gospel Ana Paula Valadão é criticada por foto no velório da avó

    Entretenimento

    Gospel Ana Paula Valadão é criticada por foto no velório da avó

  4. Zezé Di Camargo alfineta Wesley Safadão: 'Emergente'

    Entretenimento

    Zezé Di Camargo alfineta Wesley Safadão: 'Emergente'

  5. Pronto, os ingleses falaram. E falaram grosso

    Mundo

    Pronto, os ingleses falaram. E falaram grosso

  6. Laura Keller provoca Simony, a 'surtada', pelo Instagram

    Entretenimento

    Laura Keller provoca Simony, a 'surtada', pelo Instagram

  7. Roger Abdelmassih é indiciado novamente por estupros

    Brasil

    Roger Abdelmassih é indiciado novamente por estupros

  8. Como os brasileiros que vivem no Reino Unido serão afetados pela saída da UE

    Mundo

    Como os brasileiros que vivem no Reino Unido serão afetados pela...

Preso homem que usava foto de Jack Nicholson em RG

Criminoso foi detido após tentar usar a documentação para abrir uma conta

- Atualizado em

Rg falsificado com a imagem do ator Jack Nicholson
RG falsificado foi usado na tentativa de abrir uma conta bancária(Policia Civil de Pernambuco/Divulgação/VEJA)
O ator americano Jack Nicholson - que já interpretou muitos vilões no cinema, entre eles o famoso Coringa de Batman (1989) - protagonizou um caso real de polícia em Recife (PE), nesta terça-feira, só que indiretamente. Um homem de 41 anos foi preso ao utilizar uma carteira de identidade falsa com a foto do ator para tentar abrir uma conta bancária. Na carteira falsa, Jack Nicholson era identificado pelo nome de João Pedro dos Santos. Também foram apreendidas com o criminoso, Ricardo Sergio Freire de Barros, várias carteiras de identidade com o nome de outras pessoas. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, Barros foi conduzido para a delegacia do bairro de Boa Viagem para ser ouvido pelo delegado Erivaldo Guerra. Ele deve responder pelos crimes de uso de documento falso e falsificação de documento público.
TAGs:
Pernambuco