Mais Lidas

  1. Teori concede liminar e suspende Eduardo Cunha do cargo de deputado

    Brasil

    Teori concede liminar e suspende Eduardo Cunha do cargo de deputado

  2. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  3. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  4. Primeiro ato do substituto de Cunha: encerrar a ordem do dia

    Brasil

    Primeiro ato do substituto de Cunha: encerrar a ordem do dia

  5. Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

    Entretenimento

    Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

  6. Aliado narra irritação de Cunha com 'intromissão' de Teori

    Brasil

    Aliado narra irritação de Cunha com 'intromissão' de Teori

  7. Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

    Brasil

    Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

  8. Substituto de Cunha na presidência da Câmara também é investigado no petrolão

    Brasil

    Substituto de Cunha na presidência da Câmara também é investigado...

Preso homem que usava foto de Jack Nicholson em RG

Criminoso foi detido após tentar usar a documentação para abrir uma conta

- Atualizado em

Rg falsificado com a imagem do ator Jack Nicholson
RG falsificado foi usado na tentativa de abrir uma conta bancária(Policia Civil de Pernambuco/Divulgação/VEJA)
O ator americano Jack Nicholson - que já interpretou muitos vilões no cinema, entre eles o famoso Coringa de Batman (1989) - protagonizou um caso real de polícia em Recife (PE), nesta terça-feira, só que indiretamente. Um homem de 41 anos foi preso ao utilizar uma carteira de identidade falsa com a foto do ator para tentar abrir uma conta bancária. Na carteira falsa, Jack Nicholson era identificado pelo nome de João Pedro dos Santos. Também foram apreendidas com o criminoso, Ricardo Sergio Freire de Barros, várias carteiras de identidade com o nome de outras pessoas. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, Barros foi conduzido para a delegacia do bairro de Boa Viagem para ser ouvido pelo delegado Erivaldo Guerra. Ele deve responder pelos crimes de uso de documento falso e falsificação de documento público.
TAGs:
Pernambuco