Por: Leslie Leitão, do Rio de Janeiro - Atualizado em

A Polícia Civil do Rio capturou nesta segunda-feira o traficante Paulo Rogério de Souza Paz, o Mica. O que levou Mica a ser capturado foram as acusações de que ele comanda o tráfico de drogas no Complexo da Penha, na zona norte do Rio. Mas o que o tornou nacionalmente conhecido foi a amizade com o jogador Adriano, do Corinthians. Mica foi quem ganhou de presente do jogador uma motocicleta - num caso que rendeu ao atacante um inquérito na Polícia Civil do Rio.

Mica procurado: amigo do jogador Adriano foi preso em uma casa em Maricá, com amigos
Mica, amigo do jogador Adriano(Reprodução/VEJA)

Paulo Rogério de Souza Paz estava com outros seis amigos em uma casa com piscina, de frente para a praia, em Maricá, na Região dos Lagos fluminense. Acompanhados das mulheres, Mica e seus amigos não portavam armas ou drogas. Na casa havia, em vez disso, muita cerveja e lasanha - uma mostra estranha das preferências gastronômicas do grupo para o feriado do Carnaval.

A prisão de mica ocorre cerca de um mês depois da captura de um sócio do criminoso. Fabiano Atanálio, o FB, que dividia com ele o comando das favelas daquela área, foi preso pela polícia em uma casa luxuosa em Campos do Jordão, no estado de São Paulo, também passando férias com a família.

Para transportar Mica de Maricá para o Rio, foi mobilizado o helicóptero Águia, da Polícia Civil. O criminoso era um dos mais procurados do Rio.

TAGs:
Crime
Tráfico
Rio de Janeiro
Narcotráfico