Tarja - Maquiavel

Maquiavel

Operação Lava-Jato: PF do Paraná recebe reforço

  • Apreensões da 9ª fase da Operação Lava Jato

    Polícia Federal

  • Apreensões da 9ª fase da Operação Lava Jato

    Polícia Federal

  • Apreensões da 9ª fase da Operação Lava Jato

    Polícia Federal

  • Durante a operação, foram apreendidos 518 relógios de luxo, 5 veículos de alto valor de mercado, grande quantidade de documentos e notas fiscais e 35 obras de arte. O valor das apreensões em dinheiro ainda não foi contabilizado

    Polícia Federal

  • Foram apreendidas 35 obras de arte durante a nona fase da operação Lava Jato, além de 518 relógios de luxo, 5 veículos de alto valor de mercado e grande quantidade de documentos e notas fiscais

    Polícia Federal

  • Foram apreendidas 35 obras de arte durante a nona fase da operação Lava Jato, além de 518 relógios de luxo, 5 veículos de alto valor de mercado e grande quantidade de documentos e notas fiscais

    Polícia Federal

  • Até o momento, 6 carros de luxo foram apreendidos

    PF

  • Relógios e jóias apreendidas na Operação Lava Jato

    Divulgação/Polícia Federal

  • Obras de arte apreendidas durante a Operação Lava Jato

    Divulgação/Polícia Federal

  • Operação Lava Jato desarticula rede de lavagem de dinheiro em 7 estados

    Divulgação

  • Operação lacrou seis apartamentos do Hotel Blue Tree de Londrina, cujo dono era um dos líderes do grupo criminoso

    PF

  • Apreensões durante a Operação Lava Jato

    Divulgação/Polícia Federal

  • Em Londrina, apreensões durante a Operação Lava Jato

    Divulgação/PR

  • No Rio de Janeiro, apreensões durante a Operação Lava Jato

    Divulgação/PR

  • No Rio de Janeiro, apreensões durante a Operação Lava Jato

    Divulgação/PR

Foto 0 / 15

Ampliar Fotos

A Superintendência da Polícia Federal no Paraná pediu à Direção da PF o envio de reforços para a equipe que analisa os documentos da operação Lava-Jato.  A solicitação foi feita devido ao número reduzido de analistas para trabalhar no volumoso material obtido pelos investigadores.O comando da corporação em Brasília já enviou um grupo de especialistas em crimes financeiros para auxiliar no cruzamento de dados obtidos. A operação Lava-Jato, deflagrada há duas semanas, prendeu o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto da Costa e o doleiro Alberto Youssef. A quadrilha teria movimenado 10 bilhões de reais. (Gabriel Castro, de Brasília)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados