Mais Lidas

  1. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  2. Teori concede liminar e suspende Eduardo Cunha do cargo de deputado

    Brasil

    Teori concede liminar e suspende Eduardo Cunha do cargo de deputado

  3. Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

    Brasil

    Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

  4. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  5. Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução de ministérios

    Brasil

    Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução...

  6. STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

    Brasil

    STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

  7. Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

    Entretenimento

    Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

  8. Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

    Brasil

    Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

ONGs usam Rio+20 para pressionar Dilma pelo veto ao Código Florestal

Petição reúne mais de 1,5 milhão de assinaturas. Objetivo é criar "clima internacional" às vésperas da conferência da ONU no Rio de Janeiro

Por: Luís Bulcão - Atualizado em

A embarcação 'Rainbow Warrior', do Greenpeace, chega a Manaus para navegar pela costa brasileira
A embarcação 'Rainbow Warrior', do Greenpeace, chega a Manaus para navegar pela costa brasileira(AFP/VEJA)

Três grandes ONGs internacionais, Greenpeace, WWF e Avaaz lançaram uma petição para pedir que a presidente Dilma Rousseff vete o Código Florestal, que passou pela Câmara dos Deputados no dia 25 de abril e precisa será examinado até o dia 25 de maio pela presidente. Até a manhã desta sexta-feira, mais de 1,5 milhão de pessoas já tinham aderido à iniciativa. A ideia dos grupos é fazer pressão internacional para que Dilma leve em consideração o "clima internacional" de rejeição ao código, às vésperas da Rio+20.

"A petição vai ser impulsionada por uma campanha liderada pelos três grupos que vai estimular os seus milhões de apoiadores a causar um dilúvio de mensagens e ligações para as embaixadas brasileiras ao redor do mundo demonstrando oposição ao código", afirma um comunicado divulgado pelas ONGs.

A campanha pede também que seus simpatizantes se manifestem através do Twitter, com as tags: #SOSBrazil e #VetaTudoDilma e também pelo facebook do PT.

"Milhares de pessoas do mundo inteiro estão soando o alarme e telefonando para as embaixadas brasileiras para pedir que a presidente Dilma Rousseff salve a Amazônia", incita o diretor executivo da Avaaz, Ricken Patel. "A presidente tem uma escolha a fazer: assinar a sentença de morte ou proteger os pulmões do planeta e emergir como uma heroína pública", sugeriu.

Kumi Naidoo, diretor executivo do Greenpeace, que recentemente esteve no Brasil para lançar a campanha "Desmatamento Zero" a bordo do novo Rainbow Warriore pediu que a presidente não se posicione ao lado do que descreve como "a destruição de sempre contida no Código Florestal". "Nós pedimos a ela que trilhe o caminho de uma líder que compreende que com o poder vem a responsabilidade", disse.

Esta semana, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, defendeu o veto da presidente. No entanto, Dilma ainda não se manifestou oficialmente sobre o código aprovado pelos deputados, considerado uma derrota do governo na Casa.

Leia mais sobre o Código Florestal

TAGs:
Código Florestal
Dilma Rousseff
Ministério do Meio Ambiente
Greenpeace
WWF
ONG
Rio+20