Pernambuco

Morre turista atacada por tubarão em praia de Recife

Mordida na perna esquerda, a paulista Bruna Gobbi, de 18 anos, estava em estado grave

Vítima foi atacada na praia de Boa Viagem, em Recife

Vítima foi atacada na praia de Boa Viagem, em Recife (Flávio Japa/Fotoarena/Folhapress)

A turista paulista atacada por um tubarão na praia de Boa Viagem, em Recife, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta segunda-feira. Bruna da Silva Gobbi, de 18 anos, havia sido mordida na perna, abaixo do joelho esquerdo, e estava internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Restauração. Mais cedo, a jovem havia passado por uma cirurgia onde teve a perna amputada.

O ataque aconteceu por volta das 13h20 em uma das praias mais movimentadas da capital pernambucana. Segundo testemunhas, a água batia na altura da cintura da vítima quando o tubarão atacou. Socorrida pelo Corpo de Bombeiros, Bruna foi enviada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas, constatada a gravidade do quadro, foi logo encaminhada para a UTI do Hospital da Restauração.

Imagens cedidas pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco mostram o momento exato do ataque, quando o tubarão avança sobre a turista na água, que fica envolta por uma mancha de sangue. 

Casos – Esta é a segunda morte em decorrência de ataque de tubarão em Pernambuco neste ano. Em junho, José Rogério Tavares da Silva, de 41 anos, havia sido vítima do mesmo tipo de ataque em praias do estado. Seu corpo ficou três dias desaparecido, e o Instituto Médico Legal (IML) informou a causa do óbito como "mordida de animal de grande porte".

Desde 1992, foram registrados 59 casos envolvendo ataques de tubarão no litoral de Recife. Deste total, 24 banhistas morreram. As espécies cabeça-chata e tubarão-tigre são as mais comuns na área. Em toda a extensão das praias de Boa Viagem e Piedade, há placas alertando para o risco de incidentes.

(Atualizada às 21h30)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados