- Atualizado em

Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT e condenado no processo do mensalão, deixa o Centro de Progressão de Pena (CPP), onde cumpre pena em regime semiaberto, e vai para seu primeiro dia de trabalho na CUT nacional
Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT e condenado no processo do mensalão, deixa o Centro de Progressão de Pena (CPP), onde cumpre pena em regime semiaberto, e vai para seu primeiro dia de trabalho na CUT nacional(Sérgio Lima/Folhapress/VEJA)

Condenada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por orquestrar o mensalão, a antiga cúpula do PT entende que nada mais justo do que militantes e simpatizantes do partido arcarem com as multas impostas pela Justiça no esquema de corrupção. Com José Genoino, já deu certo: o ex-presidente do PT arrecadou em uma campanha na internet mais de 700.000 reais para quitar sua multa de 667.500 com o Judiciário - advogados dele ainda não informaram o que será feito com a sobra. Agora, o PT preparou novas campanhas on-line destinadas a amealhar recursos para bancar as multas de José Dirceu e Delúbio Soares, cuja página já estreou na internet. O deputado João Paulo Cunha, que aguarda ordem de prisão do STF, também pretende aderir à ideia.

Leia também: Mensaleiros armam calote nas multas do STF

TAGs:
Maquiavel