Mais Lidas

  1. Morte no Everest: 'Você se importa se eu continuar?'

    Mundo

    Morte no Everest: 'Você se importa se eu continuar?'

  2. Janaina Paschoal: rotina de isolamento pós-impeachment

    Brasil

    Janaina Paschoal: rotina de isolamento pós-impeachment

  3. Bumlai diz que fez empréstimo fraudulento para PT por medo de invasão de terras

    Brasil

    Bumlai diz que fez empréstimo fraudulento para PT por medo de...

  4. Lula pede ao STF acesso à delação de Pedro Corrêa

    Brasil

    Lula pede ao STF acesso à delação de Pedro Corrêa

  5. Sônia Abrão pede desculpas por sair correndo do programa

    Entretenimento

    Sônia Abrão pede desculpas por sair correndo do programa

  6. Zoológico nos EUA defende decisão de matar gorila

    Mundo

    Zoológico nos EUA defende decisão de matar gorila

  7. Estupro de jovem de 16 anos no Rio "está provado", diz delegada

    Brasil

    Estupro de jovem de 16 anos no Rio "está provado", diz delegada

  8. Lewandowski interferiu em processo para ajudar o PT e a presidente Dilma

    Brasil

    Lewandowski interferiu em processo para ajudar o PT e a presidente...

Lula sabia, sim, do mensalão, confirma Chinaglia

- Atualizado em

Em depoimento à Justiça, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) confirmou ontem que o presidente do PTB, Roberto Jefferson, denunciou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a suposta existência do mensalão, esquema de compra de apoio ao governo no Congresso. O petista disse que o episódio ocorreu em março de 2005, em uma reunião no Palácio do Planalto, onde estavam presentes Lula, Jefferson, o então ministro Walfrido Mares Guia (Turismo), o hoje ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) José Múcio Monteiro e o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP).

De acordo com o depoimento, Jefferson teria mencionado no final da reunião a questão de pagamentos que estariam sendo feitos a parlamentares. O ex-presidente da Câmara afirmou que Lula pediu que a questão fosse apurada.

Chinaglia não é o primeiro depoente que afirma que o presidente foi alertado sobre o mensalão. Em 2005, ao Conselho de Ética da Câmara, o então ministro da Coordenação Política, deputado Aldo Rebelo, confirmou que estava presente à reunião entre Lula e Jefferson quando o então presidente nacional do PTB falou de pagamentos a parlamentares. "O presidente Lula ouviu e pediu a mim e ao líder Chinaglia que investigássemos essa denúncia", afirmou Rebelo, na ocasião.

(Com Agência Estado)

TAGs:
Julgamento do Mensalão