Mais Lidas

  1. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  2. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  3. Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução de ministérios

    Brasil

    Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução...

  4. Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

    Entretenimento

    Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

  5. Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

    Brasil

    Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

  6. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  7. Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

    Brasil

    Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

  8. Zelotes: Justiça condena 9 réus por ‘venda’ de medidas provisórias

    Brasil

    Zelotes: Justiça condena 9 réus por ‘venda’ de medidas provisórias

Lula sabia, sim, do mensalão, confirma Chinaglia

- Atualizado em

Em depoimento à Justiça, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) confirmou ontem que o presidente do PTB, Roberto Jefferson, denunciou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a suposta existência do mensalão, esquema de compra de apoio ao governo no Congresso. O petista disse que o episódio ocorreu em março de 2005, em uma reunião no Palácio do Planalto, onde estavam presentes Lula, Jefferson, o então ministro Walfrido Mares Guia (Turismo), o hoje ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) José Múcio Monteiro e o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP).

De acordo com o depoimento, Jefferson teria mencionado no final da reunião a questão de pagamentos que estariam sendo feitos a parlamentares. O ex-presidente da Câmara afirmou que Lula pediu que a questão fosse apurada.

Chinaglia não é o primeiro depoente que afirma que o presidente foi alertado sobre o mensalão. Em 2005, ao Conselho de Ética da Câmara, o então ministro da Coordenação Política, deputado Aldo Rebelo, confirmou que estava presente à reunião entre Lula e Jefferson quando o então presidente nacional do PTB falou de pagamentos a parlamentares. "O presidente Lula ouviu e pediu a mim e ao líder Chinaglia que investigássemos essa denúncia", afirmou Rebelo, na ocasião.

(Com Agência Estado)

TAGs:
Julgamento do Mensalão