Mais Lidas

  1. Lula sempre ganhou mensalinho da OAS, diz empreiteiro

    Brasil

    Lula sempre ganhou mensalinho da OAS, diz empreiteiro

  2. Janot pede ao STF que proíba PF de negociar delações

    Brasil

    Janot pede ao STF que proíba PF de negociar delações

  3. Senadora governista tenta paralisar comissão do impeachment

    Brasil

    Senadora governista tenta paralisar comissão do impeachment

  4. A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

    Brasil

    A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

  5. Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

    Brasil

    Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

  6. Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

    Brasil

    Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

  7. Saiba por que seu cachorro não gosta de abraços

    Ciência

    Saiba por que seu cachorro não gosta de abraços

  8. No Senado, Cardozo insiste em 'golpe' e diz que pedirá suspeição do relator

    Brasil

    No Senado, Cardozo insiste em 'golpe' e diz que pedirá suspeição do...

Jornalista Lanzetta deixa campanha de Dilma

Dono de empresa responsável por contratar equipe de comunicação petista é suspeito de participar de esquema de espionagem

- Atualizado em

Jornalista Lanzetta pediu desligamento depois que esquema de espionagem contra tucanos veio à tona
Jornalista Lanzetta pediu desligamento depois que esquema de espionagem contra tucanos veio à tona(Agência Senado/VEJA)

O jornalista Luiz Lanzetta pediu desligamento da campanha da candidata do PT, Dilma Rousseff neste sábado. Ele é suspeito de participar de um esquema de espionagem contra o pré-candidato tucano à Presidência, José Serra. Lanzetta é proprietário da empresa Lanza, apontada como responsável pela contratação de integrantes da equipe de comunicação da campanha petista.

Em reportagem publicada por VEJA neste final de semana, o delegado aposentado da Polícia Federal Onésimo Sousa aponta Lanzetta como a pessoa responsável pela montagem do esquema de espionagem.

Mais cedo, o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, havia dito que o Lanzetta não tinha "nenhuma relação" com a campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República nem autorização ou recomendação de seu comando para tratar de contratação de arapongas e da fabricação de dossiês contra adversários políticos.

(Com Agência Estado)

TAGs:
Dilma Rousseff
Campanha Eleitoral
José Serra
PT