Política

Exames apontam ausência de tumor em Lula

Ex-presidente passou por ressonância e laringoscopia. Resultados apontaram "ausência de tumor visível", informa hospital Sírio-Libanês

Lula no hospital Sírio Libanês em São Paulo

Lula no hospital Sírio Libanês em São Paulo (Divulgação)

Não há mais sinais visíveis do tumor na laringe de Luiz Inácio Lula da Silva. O diagnóstico foi dado ao ex-presidente por seus médicos na manhã desta quarta-feira. Lula se internou para a realização de exames por volta das 8 horas no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde trata do tumor desde o ano passado.

Em nota, o hospital informa que Lula passou por exames de ressonância nuclear magnética e laringoscopia. Os resultados apontaram, segundo boletim divulgado nesta quarta, "ausência de tumor visível, revelando apenas leve processo inflamatório nas áreas submetidas à radioterapia, como seria esperado".

Avaliações - O ex-presidente continuará com sessões de fonoaudiologia, informam os médicos, assim como deve iniciar uma programação de avaliações periódicas daqui para frente.

O ex-presidente Lula está em tratamento contra um câncer na laringe desde outubro do ano passado. A equipe que o assiste é coordenada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz e David Uip.

Lula havia concluído o tratamento radio-quimioterápico em 17 de fevereiro, quando teve alta do hospital. Na ocasião, ele foi orientado a prosseguir o processo de recuperação em casa, com assistência fonoaudiológica e fisioterápica, e posteriores exames de reavaliação do seu estado de saúde.

Ligações - Assim que recebeu o diagnóstico de seus médicos, o ex-presidente tratou de telefonar para a esposa Marisa Letícia, e, depois, para presidente Dilma Rousseff, que segue em viagem à Índia, onde participa de uma reunião entre chefes de estado do grupo dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Em seguida, Lula entrou em contato com o deputado federal Marco Maia (PT-RS), presidente da República em exercício, informando-o das novidades.
 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados