Política

Exames apontam ausência de tumor em Lula

Ex-presidente passou por ressonância e laringoscopia. Resultados apontaram "ausência de tumor visível", informa hospital Sírio-Libanês

Lula no hospital Sírio Libanês em São Paulo

Lula no hospital Sírio Libanês em São Paulo (Divulgação/VEJA)

Não há mais sinais visíveis do tumor na laringe de Luiz Inácio Lula da Silva. O diagnóstico foi dado ao ex-presidente por seus médicos na manhã desta quarta-feira. Lula se internou para a realização de exames por volta das 8 horas no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde trata do tumor desde o ano passado.

Em nota, o hospital informa que Lula passou por exames de ressonância nuclear magnética e laringoscopia. Os resultados apontaram, segundo boletim divulgado nesta quarta, "ausência de tumor visível, revelando apenas leve processo inflamatório nas áreas submetidas à radioterapia, como seria esperado".

Avaliações - O ex-presidente continuará com sessões de fonoaudiologia, informam os médicos, assim como deve iniciar uma programação de avaliações periódicas daqui para frente.

O ex-presidente Lula está em tratamento contra um câncer na laringe desde outubro do ano passado. A equipe que o assiste é coordenada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz e David Uip.

Lula havia concluído o tratamento radio-quimioterápico em 17 de fevereiro, quando teve alta do hospital. Na ocasião, ele foi orientado a prosseguir o processo de recuperação em casa, com assistência fonoaudiológica e fisioterápica, e posteriores exames de reavaliação do seu estado de saúde.

Ligações - Assim que recebeu o diagnóstico de seus médicos, o ex-presidente tratou de telefonar para a esposa Marisa Letícia, e, depois, para presidente Dilma Rousseff, que segue em viagem à Índia, onde participa de uma reunião entre chefes de estado do grupo dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Em seguida, Lula entrou em contato com o deputado federal Marco Maia (PT-RS), presidente da República em exercício, informando-o das novidades.
 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados