Mais Lidas

  1. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  2. Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

    Brasil

    Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

  3. 'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

    Entretenimento

    'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

  4. Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a Dilma

    Brasil

    Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a...

  5. Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

    Entretenimento

    Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

  6. 'Carta de princípios' do PSDB a Temer defende combate à corrupção e redução de ministérios

    Brasil

    'Carta de princípios' do PSDB a Temer defende combate à corrupção e...

  7. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  8. Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

    Brasil

    Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

Bicheiro Anísio, da Beija-Flor, é preso em Copacabana

Patrono da escola de samba de Nilópolis é um dos acusados de comandar quadrilha de contraventores. Ex-prefeito de Teresópolis foi um dos alvos da ação em dezembro

- Atualizado em

Roberto Carlos e Anísio: simpatia é quase amor
Anísio ao lado do cantor Roberto Carlos: bicheiro tem influência entre artistas e autoridades(AGNews/VEJA)

O bicheiro Aniz Abraão David, patrono da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, foi preso na manhã desta quarta-feira em Copacabana, na zona sul do Rio. Anísio, como é conhecido, tinha obtido um habeas corpus que o livrou de uma prisão temporária, decretara a partir da investigação que deu origem à Operação Dedo de Deus, da Polícia Civil. Desta vez, policiais da Corregedoria de Polícia Civil obtiveram na Justiça um mandado de prisão preventiva.

A Operação Dedo de Deus ficou famosa por uma imagem: o helicóptero da Polícia Civil parado acima da cobertura do bicheiro, para o desembarque de agentes - que não o encontraram em casa. Um dos acusados de ligação com o crime na ação é o ex-prefeito de Teresópolis Mário Tricano, acusado de chefiar um braço da organização criminosa e de ser sócio de chefões do jogo do bicho.

LEIA TAMBÉM:

Polícia prende chefes da contravenção e ex-prefeito de Teresópolis

Bicheiros escondiam fortuna no esgoto

TAGs:
Crime
Crime Organizado
Rio de Janeiro
Carnaval