Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeo: tempestade desestabiliza pouso de maior avião do mundo

Fortes ventos da tempestade Xavier, que deixou sete pessoas mortas na Alemanha, atingiram o Airbus A380 no aeroporto de Düsseldorf

Enquanto a forte tempestade Xavier atingiu na quinta-feira a região nordeste da Alemanha, onde deixou sete pessoas mortas e 24 feridas, em Düsseldorf os ventos provocados pelo fenômeno desestabilizaram o pouso do maior avião de passageiros do mundo, o A380.

O voo, operado pela companhia aérea Emirates, fazia a rota Dubai-Düsseldorf. Ao se aproximar do aeroporto alemão, o aeronave, com capacidade para cerca de 500 passageiros, foi atingida por fortes ventos cruzados que a fizeram balançar de um lado para o outro da pista até se estabilizar, em uma manobra habilidosa do piloto.

“Já filmei milhares de aterragens em situações de ventos cruzados, em diversos aeroportos da Europa, mas esta foi bastante difícil e extraordinária”, disse Martin Bogdan, que registou o vídeo, ao jornal Daily Mail.

“O voo da Emirates EK 55, em 5 de outubro de 2017, aterrissar de forma segura em Düsseldorf, sob fortes ventos cruzados. Em momento algum a segurança dos passageiros e dos tripulantes esteve comprometida”, disse um porta-voz da companhia aérea ao jornal inglês.

Tempestade Xavier

Embora tenham cessado, os ventos que castigaram a Alemanha na quinta-feira afetaram os transportes públicos em várias regiões e causaram danos materiais substanciais, especialmente em carros destruídos por árvores que não suportaram o temporal. “Qualquer pessoa que precise usar trens nas cercanias deve buscar outras alternativas. Toda a rede na região tem problemas, há árvores que caíram sobre os trilhos”, disse um porta-voz das ferrovias alemães.

(com EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Alcides Faria

    Corrige a manchete. O maior avião do mundo é o Antonov 225

    Curtir

  2. Na Primeira Classe Do Airbus A380
    A Emirates Tem Padrão 7 Estrelas…
    Na Classe Econômica 5 Estrelas…
    A Melhor Tripulação Do Cosmo !

    Curtir

  3. Me pareceu mais imperícia do que efeito do vento lateral. No ar o avião vinha bem estável, com correções do “leme” (vertical na traseira). Estava tudo sob controle. Quando surge o eixo da pista, percebe-se a manobra de alinhamento. Aos 23 segundos, o toque ocorre ainda desalinhado e com o leme ainda bem defletido. A correção do leme demorou a ser desfeita no solo, o que causou a primeira derrapagem. O que se seguiu foram várias tentativas de diminuir a derrapagem, excessivas em amplitude e duração.

    Curtir

  4. Thais Fernandes

    Tá bom que ninguém correu risco. Engane-me que eu gosto.

    Curtir

  5. Guilherme Burjato

    Veja canalha, Bosonaro 2018!

    Curtir