Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Venezuela convida setor privado a investir na Faixa de Orinoco

A Venezuela convidou o setor privado petroleiro a investir na Faixa de Orinoco, considerada pelo país como a nova “Arábia Saudita”, com expectativa de produção de seis milhões de barris diários em 2020.

O pedido foi feito durante o Congresso de Hidrocarbonetos, celebrado entre terça e quinta-feira em Puerto La Cruz, no nordeste da Venezuela, país cujas reservas de petróleo já são consideradas as maiores do mundo, conforme certificou recentemente e Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

Segundo o ministro de Energia e Petróleo da Venezuela, Rafael Ramírez, o governo venezuelano prepara sua estratégia para concentrar todos seus esforços na exploração da Faixa do Orinoco, um território de 55.314 km2 ao leste do país, que guarda 220 bilhões de barris de petróleo pesado e extra pesado.

“A indústria petroleira tem no leste venezuelano um território para sua expansão e desenvolvimento para o futuro”, declarou Ramírez, convidando o setor privado a “juntar-se aos planos” da estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA). mr/wm