Venezuela: aposentados vão às ruas para protestar contra Maduro

Marcha de idosos convocada pela oposição venezuelana foi reprimida com spray de pimenta pela polícia

A oposição venezuelana voltou às ruas nesta sexta-feira para protestar contra o presidente Nicolás Maduro, em marcha desta vez encabeçada pelos “avós” do país. O protesto marca a sexta semana de mobilizações no país, que têm sido violentamente combatidas pelas forças de segurança.

“Por nossos netos” é o lema com que a coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) convocou os aposentados para marchar até a sede da Defensoria do Povo. Segundo o jornal El Nacional, a Polícia Nacional Bolivariana (PNB) usou spray de pimenta para evitar que os aposentados cheguem ao ponto desejado.

Henrique Capriles,  ex-candidato presidencial de oposição e atual governador do Estado de Miranda, também esteve na manifestação. “É novo protegê-los [as pessoas de terceira idade]. Eles são a reserva moral de nosso país. São sagrados, ninguém tem direito de atacá-los”, disse ao El Nacional.

 

Demissão

A ministra da Saúde da Venezuela, Antonieta Caporales, foi substituída por Luis López Chejade, secretário de Saúde do Estado de Aragua, nesta quinta-feira, um dia após divulgação de dados sobre o aumento da mortalidade e o retorno de doenças como a malária. O boletim epidemiológico do ministério da Saúde assinala que, entre 2015 e 2016, o país registrou um aumento de 30,12% na mortalidade infantil e de 65% na mortalidade materna. Caporales estava no cargo há apenas quatro meses. Segundo a Federação Médica Venezuelana, os hospitais funcionam com apenas 3% dos medicamentos e insumos requeridos.

(Com AFP)

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. JOSÉ CANUTO V. DA S. JR.

    Essa é a democracia da esquerda.
    Pesquisem sobre o CINE-PE que foi cancelado por causa dos esquerdopatas “DEMOCRÁTICOS”.

    Curtir

  2. José Carlos Lopes de Oliveira

    Tanto lá como cá, essa esquerda corrupta precisa mesmo é de uma bela tijolada no meio das fuças.

    Curtir