Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Um quarto do eleitorado da França deve se abster no 2º turno

Pesquisa aponta que a eleição do próximo domingo pode ter o segundo pior índice de comparecimento desde 1965

Um quarto do eleitorado da França deve se abster no segundo turno da eleição presidencial no domingo, de acordo com uma pesquisa do instituto Odoxa divulgada nesta sexta-feira. Um público que deve estar especialmente distante das urnas é o de eleitores de partidos de esquerda, sem afinidade política com o centrista Emmanuel Macron e a candidata de extrema-direita, Marine Le Pen.

Se confirmada, a taxa de abstenção será a segunda pior de uma eleição presidencial desde 1965. O índice de comparecimento no primeiro turno foi de quase 78%, de acordo com o Ministério do Interior.

A pesquisa para a rádio pública Franceinfo mostrou que 69% dos eleitores irá se abster com relutância, por se recusar a escolher entre Macron e Le Pen. Um terço dos apoiadores do candidato de extrema-esquerda Jean-Luc Mélenchon, que ficou em quarto lugar no primeiro turno, em 23 de abril, disse que se opõe igualmente ao centrista do En Marche! e à representante da Frente Nacional, segundo a sondagem.

O levantamento também revelou que os eleitores consideraram que Macron foi mais convincente do que Le Pen no agressivo debate televisionado da noite de quarta-feira, o que reforça o status do centrista como favorito no domingo. Quatro novas pesquisas eleitoras publicadas hoje o colocam na frente com 62% dos votos, contra 38% de Le Pen.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Vive Le Pen!

    Curtir