Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ucrânia recebe 3 bilhões de dólares de acordo com a Rússia

A Ucrânia recebeu nesta terça-feira 3 bilhões de dólares da primeira parcela do plano de resgate financeiro concedido pela Rússia na semana passada, anunciou o governo ucraniano.

“Neste dia, 24 de dezembro, o Banco Nacional da Ucrânia recebeu a primeira parcela dos recursos prometidos pela Rússia, num montante de 3 bilhões de dólares”, afirmou o gabinete do primeiro-ministro Mykola Azarov. “A entrega desta primeira parcela é um fator de estabilização para nós.”

Leia também:

Rússia e Ucrânia selam acordo sobre energia e dívida

Por que UE e Rússia querem tanto a Ucrânia?

A Rússia investirá 15 bilhões de dólares (34,7 bilhões de reais) em bônus da dívida pública ucraniana. Além disso, rebaixou em 30% o preço do gás que vende ao país. Os documentos assinados no último dia 17 incluem ainda um pacto para solucionar disputas comerciais entre os dois países, uma parceria para atualizar um modelo de avião de transporte da era soviética, um acordo de cooperação industrial e um projeto para a construção de uma ponte sobre o Estreito de Kerch – ao norte do Mar Negro, entre Ucrânia e Rússia.

A oposição ucraniana considera que o governo está vendendo o país à Rússia. Nas últimas semanas, milhares foram às ruas em protesto contra a aproximação com Moscou e em favor de um acordo com a União Europeia (UE).

Em novembro, esse acordo esteve próximo de ser assinado em Vilna, capital da Lituânia. Ele era negociado havia cinco anos, e a UE investiu milhões de euros em favor da modernização política e econômica do país de 46 milhões de habitantes. A pressão russa, no entanto, foi eficaz. O país governado por Vladimir Putin encoraja Kiev a participar de uma união tarifária com Rússia, Bielo-Rússia e Cazaquistão.