Turista japonês morre ao tirar selfie no Taj Mahal, na Índia

Um turista japonês morreu durante uma selfie no Taj Mahal, uma das principais atrações turísticas da Índia, nesta sexta-feira. Hideto Ueda, de 66 anos, caiu em uma das escadarias do monumento enquanto tirava a foto, contou uma testemunha à rede britânica BBC.

Com a queda, a vítima perdeu a consciência e foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos, de acordo com a polícia indiana.

Leia também:

Arma dispara e jovem se mata acidentalmente durante selfie nos EUA

Ueda estava acompanhado de outros três homens e um guia. Um dos colegas, que caiu nas escadas junto com Ueda, fraturou a perna.

A embaixada japonesa em Nova Délhi está investigando o caso.

O Taj Mahal, um imenso mausoléu de mármore branco, foi construído na cidade de Agra na primeira metade do século XVII pelo imperador Shah Jahan,após a morte de sua esposa favorita. Classificado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o local atrai 7 milhões de visitantes por ano.

(Da redação)