Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Turista americano é preso no Rio por deixar hotel sem pagar a conta

Rio de Janeiro, 10 mai (EFE).- Um turista americano que pretendia retornar a seu país sem pagar a elevada conta que deixou no hotel, em grande parte pelo consumo de caipirinhas, foi preso na noite de quarta-feira no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, informou a Polícia.

O americano Robert Scott Utley, de 63 anos, foi preso quando pretendia abandonar o país depois que os proprietários do hotel onde se hospedou durante 13 dias o terem denunciado por sair sem pagar uma conta de R$ 15 mil, informou o delegado Alexandre Magalhães, responsável pelo caso.

Do total da conta, cerca de R$ 6 mil correspondem às várias caipirinhas que o turista consumiu apenas no hotel durante suas quase duas semanas de visita ao Rio de Janeiro.

‘Ele alegou que não podia pagar porque seu cartão de crédito tinha sido clonado na cidade, mas não denunciou isso em nenhuma delegacia de Polícia’, afirmou Magalhães.

De acordo com o delegado, o americano deixou suas malas no hotel, situado em frente à praia de Copacabana, e se dirigiu ao aeroporto com o argumento de querer consultar com urgência um médico em seu país por estar sofrendo de problemas no coração.

‘O mais inusitado é que, apesar de dizer que sofre de problemas cardíacos e tem sete pontes de safena, ele gastou uma fortuna em caipirinhas’, acrescentou o delegado.

O consulado dos Estados Unidos no Rio de Janeiro tentou entrar em contato com a família de Scott para resolver o problema da conta, mas não obteve resposta.

A Polícia informou que o americano, acusado formalmente de fraude, será libertado nesta quinta-feira após assinar um documento no qual se compromete a retornar ao Brasil cada vez que a justiça o convocar.

O turista disse que pretende pagar a conta quando chegar aos Estados Unidos mediante uma transferência bancária. EFE