Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trump faz duras críticas à imprensa americana

Presidente dos Estados Unidos afirmou que muito do que é visto na mídia é "notícia falsa"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez duras críticas à imprensa americana nesta quinta-feira, voltando a afirmar que muito do que é divulgado na mídia é “notícia falsa”. “Nunca vi meios de comunicação mais desonestos”, disse Trump em entrevista coletiva que durou 75 minutos.

Em tom ríspido, o mandatário negou que possua contatos com a Rússia, informação recorrente na imprensa americana. “Não tenho dívidas na Rússia. Não fiz empréstimos na Rússia. Não tenho negócios na Rússia”, insistiu, acrescentando que falou em apenas duas oportunidades com o líder russo, Vladimir Putin.

Trump reclamou ainda que a imprensa não divulga fatos positivos de seu governo, que herdou “uma bagunça dentro e fora do país”. “Nós estamos atingindo um progresso incrível. Eu acredito que nunca existiu um presidente eleito que, nesse curto período de tempo, tenha feito tanta coisa quanto eu fiz”, disse o presidente.

 

Questionado sobre escândalo envolvendo o ex-conselheiro de Segurança Nacional Michael Flynn, Trump afirmou que divulgar informações confidenciais é crime de Estado e que Flynn não fez nada de errado. “Os vazamentos são verdadeiros. Os vazamentos são absolutamente reais. As notícias é que são falsas, porque a maioria das notícias é falsa”, disse o presidente.

O presidente também criticou a atuação do Tribunal Federal por barrar seu decreto anti-imigração, que suspendia temporariamente a entrada nos EUA de cidadãos de sete países de maioria muçulmana. “Nós temos um tribunal ruim”, disse o Trump. O americano também anunciou a possibilidade de elaboração de um novo decreto de imigração mais tolerante, que, segundo ele, poderia ser aceito pelo tribunal federal.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. O Trump quer retirar do seu pais os imigrantes criminosos mas, a esquerdinha mundial gosta de bandidos, então, é contra o Trump. No governo do Obama foram deportados mais de 2 milhões de imigrantes, incluindo pais e mães de famílias. Mesmo assim, a mídia não quis mostrar isso.

    Curtir

  2. Para os que me criticam (aliás só me criticam) não sou esquerda, sou tucano, não sou funcionário público e tenho bunda. No mais, da mesma forma que têm suas opiniões, tenho as minhas e pronto.

    Curtir

  3. Roberto Tadeu Gorios

    ESSE LIXÃO DEVERIA SE MUDAR PRA ISRAEL E IR NO MESMO CABELEIRO DO BENJAMIN DOIS LIXEIRA HUMANA QUE TEM TUDO A VER UM COM O OUTRO.

    Curtir

  4. Hattori Hanzo

    Mais de 9.000 pessoas assinaram uma petição on-line pedindo ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que expulse o bilionário americano-húngaro George Soros dos Estados Unidos, bem como o proíba, e aos membros de sua família, de financiar e influenciar políticos americanos.

    Curtir

  5. joão botelho

    Putz, ouvimos isso aqui durante 15 anos. Só que a impre nsa não se incomodava muito. Estranho…

    Curtir

  6. Gilberto Goncalves

    O Globalismo da Familia Bush, Rockfellers, Rothchilds em conjunto o grupo Bilderberg. è, nada disso é apenas teoria da conspiracao mas fato. Trump nao pertence ao Globalismo. Obama e Clintos sao vassalos, gente pequena que se deixa usar e colhe pagamento por isso. Obama está até agora em Washington. O cara é um banana mas a Midia toda esta com ele e contra Trump. O povo precisa abrir os olhos e enxergar que há um grupo de destruidores por trás do Globalismo, da Nova Ordem Mundial. Nesta nova Ordem as liberdades serao cerceadas. Precisamos apoiar Trump.

    Curtir

  7. Wolfgang Amadeus

    Cade o meu comentario?????

    Curtir

  8. Faz duras críticas com toda razão!Bravissimo Presidente Trump!Chora mais brasileiros esquerdopatas ilegais!Ahahahaha!

    Curtir

  9. Antonio Junior De Araujo Alexandre

    Trump diz tudo o que nós queríamos dizer!

    Curtir

  10. Aloiso deve ser mais um ilegal lá nos Estados Unidos por isso esse extremo ódio do Trump kkkkkkkkk Prepara as malas pra voltar pra casa otário

    Curtir