Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trump critica acordo nuclear com Irã após teste de míssil

Guarda Revolucionária do Irã apresentou na sexta-feira um míssil balístico capaz de atingir grande parte do Oriente Médio, incluindo Israel

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou no Twitter o acordo nuclear com o Irã após um teste de míssil balístico feito pelo país. “O Irã acabou de testar um míssil balístico capaz de chegar a Israel. Eles também estão trabalhando com a Coreia do Norte. Não é um acordo muito bom o que nós temos!”, afirmou Trump.

A Guarda Revolucionária do Irã apresentou na sexta-feira um míssil balístico capaz de atingir grande parte do Oriente Médio, incluindo Israel, enquanto o governo prometeu que Teerã continuaria com seu programa de mísseis. A apresentação ocorreu durante um desfile militar em que Teerã lembrou a guerra entre Irã e Iraque nos anos 1980.

O lançamento do míssil foi um desafio direto ao presidente Donald Trump, que em agosto assinou um projeto de lei que impõe sanções obrigatórias aos envolvidos no programa de mísseis balísticos do Irã e a qualquer pessoa que faça negócios com o país. Embora o Irã já tenha se vangloriado de ter mísseis na mesma faixa em seu arsenal, esta foi a primeira vez que o Khoramshahr, com alcance de 2 mil quilômetros, foi exibido em público.

Em outra mensagem no Twitter, Trump voltou a criticar o senador John McCain (Partido Republicano, Arizona). “Os democratas estão dizendo entre risadas que McCain teve um ‘momento de coragem’. Diga isso às pessoas do Arizona que foram enganadas!”, afirmou. O presidente dos EUA já havia feito críticas mais cedo a McCain, após o congressista ter se posicionado contra o projeto de lei que estabelece mudanças nas políticas públicas de saúde do país, com a revogação do Obamacare, como é conhecida a Lei de Proteção e Cuidado Acessível ao Paciente dos EUA.

(Com Estadão Conteúdo)