Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Três pessoas morrem em ataque à prisão nas Filipinas

Manila, 20 fev (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas depois que meia centena de homens armados com granadas e bombas atacaram uma prisão na ilha de Mindanao, no sul das Filipinas, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.

O chefe de Polícia de Cotabato do Norte, superintendente Cornelio Salinas, afirmou que 50 homens armados entraram na prisão de Kidapawan para tentar libertar o líder de sua quadrilha, identificado como Datukan Samad.

Salinas explicou que os suspeitos cobertos com capuzes lançaram duas granadas na porta da prisão e após um tiroteio de 15 minutos com os guardas de segurança fugiram.

Durante a perseguição policial, os suspeitos dispararam e atiraram granadas contra as casas que estavam pelo caminho, provocando a morte de três civis, identificados como Anthony Morales, Ian Carlo Sevilla e Benny Balmediano.

Os suspeitos também deixaram em sua fuga uma bomba que feriu 15 pessoas, entre eles policiais, guardas da prisão, civis e bombeiros.

Segundo a Polícia, Samad, o preso que queriam libertar, se envolveu no assassinato de mais de 30 pessoas na província de Cotabato do Norte nos últimos anos. EFE