Tempestade elétrica na Noruega mata mais de 300 renas

Os corpos dos animais, adultos e filhotes, foram achados por um vigilante

Uma tempestade elétrica matou 322 renas no Parque Nacional de Hardangervidda, ao sul da Noruega, informou nesta segunda-feira a Direção Norueguesa de Meio Ambiente. Os corpos dos animais, adultos e filhotes, foram achados por um vigilante na sexta-feira à noite e estavam espalhados em uma área de 50 a 80 metros de diâmetro.

“Eu já tinha ouvido falar de vacas mortas por raios antes, mas não em proporções tão grandes”, declarou à TV pública NRK o especialista Knut Nylend, da agência nacional para o controle florestal. De acordo com ele, é comum as renas se manterem agrupadas, principalmente durante o mau tempo.

Leia também
Mensagem de SOS na areia salva casal em ilha deserta
Atleta seguido por cachorra em ultramaratona reencontra a amiga

No fim de semana, funcionários da SNO recolheram amostras dos animais para analisar os detalhes do caso, mas as autoridades ainda não decidiram o que fazer com os corpos. O Hardangervidda é a maior área dedicada à proteção de renas selvagens na Noruega, com uma população de, aproximadamente, 10.000 animais que vivem em 8,1 quilômetros quadrados.

(Com agência EFE)