Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Talibãs tentam atacar prédio oficial afegão e matam 4

Seis homens-bomba talibãs, munidos de metralhadoras e explosivos, mataram quatro pessoas e feriram outras cinco durante uma tentativa de invasão a um prédio governamental em Paktika, província instável do leste afegão, informou uma fonte oficial.

Os seis homens, vestidos com uniformes da polícia afegã, tentaram atravessar um posto de controle para atacar o escritório do governador do distrito de Yahyakhail, quando policiais suspeitaram e atiraram contra eles, relatou o chefe da polícia de Paktika, Dawlat khan Zadran.

“Um deles conseguiu detonar seus explosivos, mas os outros foram mortos pelas forças de segurança”, afirmou, antes de acrescentar que, no total, dois policiais e dois civis morreram no incidente, enquanto outras cinco pessoas ficaram feridas.

O grupo Talibã reivindicou o ataque.

Na terça-feira, os rebeldes já tinham atacado a mesma região, que faz fronteira com zonas tribais paquistanesas.

Depois de realizar uma inspeção nas escolas próximas à fronteira paquistanesa, o diretor provincial de educação e outros quatro funcionários ficaram feridos e quatro guardas morreram quando uma bomba explodiu perto dos veículos que os transportavam.

Além disso, no oeste, quatro policiais foram mortos na quarta-feira na explosão de seu veículo na província de Badghis, informou o chefe de polícia da província, Abdul Jabar, que atribuiu o ataque ao Talibã.

Dez anos depois da chegada da coalizão internacional, no final de 2001, a insurreição talibã continua com seus ataques sangrentos, principalmente no sul e no leste do Afeganistão.

Há um mês, com o fim do inverno, os ataques dos rebeldes intensificaram-se.