Sírio planejava atacar aeroporto em Berlim, diz autoridade alemã

Durante a fuga, o suposto terrorista pediu abrigo a três refugiados sírios, que chamaram a polícia

O chefe da inteligência alemã afirmou que o suspeito sírio preso nesta segunda-feira estava fabricando uma bomba e planejava atacar um dos aeroportos de Berlim. A prisão de Jaber Al-Bakr, de 22 anos, foi realizada após dois dias de uma grande operação de busca, que aumentou a tensão no país.

LEIA MAIS:
Alemanha anuncia prisão de sírio suspeito de preparar atentado
Polícia alemã faz buscas por sírio suspeito de preparar atentado

Hans-Georg Maassen afirmou à emissora pública ARD que informações de inteligência indicaram no início de setembro que o grupo militante Estado Islâmico estava planejando um ataque contra a infraestrutura de transporte alemã. Espiões conseguiram rastrear e identificar o suspeito no Estado da Saxônia, no leste do país, na quinta-feira e iniciaram uma observação permanente, declarou Maassen.

“Descobrimos que ele comprou cola quente numa loja de descontos no dia seguinte. E então demos imediatamente todos os passos necessários para iniciar a operação porque presumimos que esse poderia basicamente ser o último químico que faltava para ele fabricar a bomba.”

Durantes as operações de busca, no final de semana, a polícia encontrou 1,5 quilo de explosivos no apartamento de Al-Bakr, segundo a BBC. A rede britânica reportou que o suspeito pediu abrigo a três sírios durante a fuga, mas os rapazes chamaram a polícia e Al-Bakr acabou preso.

Maassen disse à ARD que a informação inicial indicava um ataque contra trens na Alemanha, mas, mais tarde, ficou claro que Al-Bakr planejava atacar um aeroporto de Berlim.

Autoridades alemãs haviam afirmado mais cedo nesta segunda que o suspeito tinha provavelmente sido inspirado pelo Estado Islâmico e que preparava um ataque semelhante aos de Bruxelas e Paris.

(Com Reuters)