Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suspeito de comandar ataque a museu na Tunísia é morto

Khaled Chaieb, também conhecido como Abou Sakhr Lokman, foi abatido durante operação contra o terrorismo perto da fronteira com a Argélia

O primeiro-ministro da Tunísia, Habib Essid, afirmou que o principal suspeito de ataque a um museu nacional no país foi morto em uma operação antiterrorismo na madrugada deste domingo. Segundo a agência de notícias estatal, Essid anunciou que Khaled Chaieb, também conhecido como Abou Sakhr Lokman, morreu na região de Gafsa, perto da fronteira com a Argélia.

Acredita-se que Chaieb era um dos líderes da Al-Qaeda no norte da África e teria participado do ataque a um museu nacional na Tunísia que deixou 23 mortos, a maioria turistas, em 18 de março.

Leia também:

Turista filma momento do ataque a museu em Túnis

Tunísia prende mais de vinte suspeitos por atentado em museu

Além de Khaled Chaieb, oito suspeitos foram mortos na operação, realizada horas antes de uma marcha na capital do país, organizada em solidariedade contra o terrorismo. O presidente da França, François Hollande, o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, e diversos ministros e autoridades de outros países irão participar de uma cerimônia em Túnis, após a marcha.


(Com Estadão Conteúdo)