Surfista tem perna arrancada por tubarão na Austrália

O animal foi capturado mais na tarde na praia de Falcon, onde ocorreu o ataque

Um surfista teve a perna arrancada por um tubarão branco na praia de Falcon, na Austrália, na tarde de terça-feira. Ben Gerring, de 29 anos, está internado em estado grave e corre risco de vida.

De acordo com a imprensa local, a prancha se partiu ao meio durante o ataque e Gerring foi levado até a areia por outros surfistas. “Ele estava inconsciente e havia perdido a perna abaixo do joelho. Os ferimentos eram horríveis”, contou ao jornal Independent Nathan Hondros, repórter do Mandurah Mail, que chegou ao local em seguida do incidente. “Algumas crianças estavam no mar surfando com ele. Foi muito, muito difícil de assistir”, disse Hondros.

Segundo o site Perth Now, oficiais do Departamento de Pesca implantaram um conjunto de tambores com isca na área onde o ataque ocorreu e, cerca de 24 horas após o ataque, um grande tubarão branco medindo entre 3 e 4,5 metros foi capturado e, segundo as autoridades, provavelmente trata-se do animal que feriu Gerring.

Leia também:

Morsa mata turista que tirava ‘selfies’ em zoológico na China

“Acidentes acontecem”, diz mãe de criança que caiu em jaula de gorila

Zoológico nos EUA defende decisão de matar gorila

A Austrália Ocidental teve diversos incidentes envolvendo ataques de tubarões nos últimos anos e, em 2013, o governo causou controvérsia ao anunciar um plano para abater qualquer tubarão acima de determinado tamanho. A medida foi abolida um ano depois, quando cientistas questionaram a efetividade do plano.

Tubarões atacaram o número recorde de 98 pessoas na Austrália ao longo de 2015, informaram pesquisadores em fevereiro. O pico de casos foi atribuído ao crescimento populacional dos animais e ao aumento no número de frequentadores nas praias do país.

(Da redação)