Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sudão: três capacetes azuis mortos em ataque em Darfur

Três capacetes azuis foram mortos em um ataque no campo de refugiados de Zam Zam, no norte de Darfur no Sudão, anunciou nesta terça-feira a missão da ONU no local.

Além dos três, outros seis ficaram feridos, três em estado grave. Um dos assassinos foi morto no ataque que aconteceu na noite de segunda-feira, afirmou a missão.

“Eu condeno este ataque contra nossos soldados encarregados de manter a paz que trabalham sem descanso para trazer segurança às pessoas no campo de Zam Zam, onde tantos habitantes de Darfur encontraram refúgio”, declarou Ibrahim Gambari, chefe da missão.

“A patrulha fazia uma ronda à noite regularmente, com conselheiros da polícia desarmados. A missão era proteger os civis, e pagaram com a vida”, acrescentou.

A missão informou que 33 soldados foram mortos em Darfur depois que as forças da ONU chegaram em 2007 com o objetivo de acabar com as hostilidades entre os rebeldes e o governo de Khartum.

Segundo a ONU, pelo menos 300.000 pessoas morreram desde o início dos conflitos em 2003.

Gambari pediu uma investigação imediata “um ataque contra os homens da paz é um crime de guerra”.