Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sinal detectado por navio francês pode ser de caixa-preta do avião da EgyptAir

O comitê de investigação do Egito confirmou que o possível sinal foi identificado dentro da área de busca no Mediterrâneo

Um navio de busca francês detectou sinais que podem ter origem em uma das caixas-pretas do voo MS804 da EgyptAir, que caiu no Mediterrâneo no mês passado, informou o comitê de investigação egípcio nesta quarta-feira, citando o ministro da aviação civil do país.

De acordo com a rede CNN, os investigadores confirmaram que um equipamento de localização especializado, a bordo do navio francês La Place, detectou um sinal vindo do fundo do mar dentro da área de busca no Mar Mediterrâneo. “Presuma-se que o sinal seja de um dos gravadores”, declarou o comitê em comunicado.

O navio La Place é parte do time de embarcações envolvidas nas operações de busca das caixas-pretas do Airbus A320. As autoridades esperam encontrar os objetos logo, para que o navio especializado da empresa Deep Ocean Search, que entrará na ativa dentro de uma semana, possa recuperá-los. O equipamento de gravação é produzido com bateria suficiente para emitir sinais do fundo do mar por até cinco semanas e, mesmo depois, é viável ter acesso aos dados.

Leia mais:

Egito e EUA confirmam sinal de alerta enviado pelo avião da EgyptAir antes da queda

Começa análise de DNA de vítimas da EgyptAir

Quem estava a bordo do voo MS804 da EgyptAir?

A descoberta das caixas-pretas pode ser a peça chave necessária para entender a causa da queda da aeronave da EgyptAir no Mar Mediterrâneo, com 66 pessoas a bordo. O avião desapareceu dos radares na noite do dia 18 de maio, supostamente próximo à ilha grega de Karpathos, quando fazia o trajeto entre Paris e Cairo. Até o momento, as autoridades não sabem dizer se o acidente envolveu falhas técnicas ou foi provocado por um ataque terrorista, hipótese cogitada desde o início das investigações.

(Com Reuters)