Sérvia terá primeira premiê mulher – e gay – de sua história

Ana Brnabic, de 41 anos, é a primeira mulher na história do país a assumir o posto

O presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, nomeou nessa quinta-feira para o cargo de primeiro-ministro Ana Brnabic, a primeira mulher na história do país a assumir o posto. Brnabic, de 41 anos, é também a primeira pessoa assumidamente homossexual a se tornar premiê no país conservador, onde ataques homofóbicos não são raros.

“Decidi propor ao parlamento da Sérvia Ana Brnabic como primeira-ministra designada” explicou Vucic aos jornalistas. “Ela possui as qualidades pessoais e profissionais para exercer essa função”, acrescentou.

Foi Vucic, quando era primeiro-ministro, que convidou Brnabic a assumir funções políticas, em agosto passado. Ela era ministra da Administração Pública.

Nascida em Belgrado e formada pela Universidade de Hull, na Inglaterra, antes de desembarcar no governo sérvio atuava na direção de uma associação mista, privada e pública, estabelecida em 2006.

A Sérvia é um país conservador, onde as Paradas de Orgulho Gay são realizadas anualmente sob proteção policial. Em 2010, a violência de extremistas hostis à realização do evento deixou mais de 150 feridos, em sua maior parte policiais.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Alien Preacher

    Eh o comeco de uma nova era. Não tem “control z” disponível para desfazer nada. O negocio eh aceitar amigavelmente a “evolução”. Lutar contra eh inutil e violência não resolve nada.

    Curtir

  2. marcos bueno lima

    Pois eh, o namorado, ou namorada do primeiro-ministro de Luxenburgo, ousou tirar aquela foto, junto as primeiras-damas, daih assumiu um bicha louca, como primeiro-ministro lah na escocia?, e agora essa coisa braba na Servia.Coisa de louko meu.Os mutantes estao avancando.

    Curtir

  3. Alien Preacher

    Isso ae. Eh a insanidade indo para o apice a nivel global. Eu penso que a minoria gay da humanidade e os 54% de mulheres que compõem a população do planeta deveriam assumir o poder total. Reprodução artificial. So mulher nasce. Homem nao. Não tem como não dar certo.

    Curtir