Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Saiba quais são os países com as maiores e as menores taxas de homicídios no mundo

América Latina é destaque em relatório sobre violência das Nações Unidas

A América Latina é a região com a maior quantidade de assassinatos do mundo, sobretudo pela criminalidade fora de controle em países como Honduras, Venezuela e El Salvador, mostrou um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado nesta quinta-feira.

O Brasil está no segundo grupo de países mais violentos, juntamente com México, Nigéria e Congo, com 25 homicídios para cada 100.000 habitantes. Taxas acima de vinte são consideradas graves pela ONU. De acordo com o relatório, foram registrados no Brasil 50.108 homicídios em 2012.

Num relatório prévio do organismo, Honduras liderava as taxas de homicídios intencionais no mundo, seguido de El Salvador e Venezuela. O estudo da ONU atribuiu o índice elevado de assassinatos na América Latina ao crime organizado, à herança de décadas de violência política e à impunidade generalizada.

Segundo os dados da ONU, mais da metade das vítimas tinha menos de 30 anos, e 8% eram crianças menores de 15 anos. Cerca de 66% das mortes foram provocadas por armas de fogo.

Além da América Latina, a África também recebeu um destaque negativo: a proporção de assassinatos na região é de 26 a 30 para cada 100 000 habitantes. A média mundial é de 6,2. Os dados foram recolhidos a partir de estatísticas oficiais dos governos, dos serviços de saúde e de Justiça.

(Com agência Reuters)