Rússia vai ter base naval permanente na Síria

Um total de 4.300 militares russos estão mobilizados na Síria atualmente

A Marinha da Rússia transformará suas instalações no porto de Tartus, noroeste da Síria, em “base naval permanente”, anunciou nesta segunda-feira o vice-ministro da Defesa russo, Nikolaï Pankov.

“Estamos preparando os documentos necessários”, acrescentou ante a comissão de Relações Exteriores do Conselho da Federação, a câmara alta do Parlamento. Este anúncio é feito em um contexto de tensão entre Moscou e Washington, após o fracasso de uma trégua na Síria que durou uma semana em setembro.

LEIA TAMBÉM:
EUA pedem investigação por ‘crimes de guerra’ em Alepo
Síria: bomba atinge centro de voluntários cotados ao Nobel da Paz

Um total de 4.300 militares russos estão mobilizados no país atualmente, onde ocorre uma sangrenta guerra civil. O Kremlin ordenou recentemente a mobilização de baterias de defesa antiaérea S-300 para completar seu dispositivo em Tartus. Mais de um ano depois do início da intervenção militar, a Rússia continua reforçando seu dispositivo, embora o presidente Vladimir Putin tenha anunciado em março que retiraria uma parte do contingente.

A Rússia tem uma base aérea em Hmeimim, perto de Latakia (noroeste), desde o fim de agosto de 2015. Os deputados russos ratificaram na semana passada um acordo com Damasco para a mobilização “por uma duração indeterminada” das forças aéreas russas nesse aeródromo militar, que passou para jurisdição russa após a assinatura de um convênio entre os dois países.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    Resultado da política do Obama. Imagina com Trump ou Hilary em seguida!!!

    Curtir

  2. Fábio Luís Inaimo

    Resultado da Politica Armamentista imperialista expansionista e cara de pau de Putin o novo Hitler!

    Curtir

  3. Micky Oliver

    A soberania síria foi pro saco! Isso vale para outras bases militares espalhadas pelo mundo como as americanas na Alemanha, Japão, Itália, Oriente Médio, Coréia do Sul, etc…Que o Brasil não caia nessa!

    Curtir

  4. Fábio Luís Inaimo

    Sei, pergunta lá pros sul coreanos e pros japoneses se eles querem que tire??

    Curtir