Rússia diz que matou o líder do Estado Islâmico em ataque aéreo

Segundo Forças Armadas do país, Abu Bakr al-Baghdadi teria morrido no fim de maio, junto com várias outras lideranças do grupo

As Forças Armadas da Rússia afirmaram nesta sexta-feira que mataram o líder do grupo extremista Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, em um ataque aéreo. De acordo com autoridades russas, al-Baghdadi morreu em um ataque aéreo russo realizado no fim de maio, junto com várias outras lideranças do grupo.

Os militares russos dizem que a ação aérea ocorreu em 28 de maio e tinha como alvo uma reunião do Estado Islâmico ao sul de Raqqa, na Síria. Na ocasião, também foram mortos cerca de 30 líderes de nível intermediário no grupo e mais 300 combatentes extremistas.

As Forças Armadas dizem que os líderes do Estado Islâmico estavam na ocasião reunidos para discutir a retirada do grupo de Raqqa. Uma coalizão liderada pelos Estados Unidos tem realizado uma investida militar para retirar o Estado Islâmico da cidade, um de seus centros de operações.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ibrahim Saad

    Imagina Se vou chorar por estes canalhas terroristas

    Curtir

  2. José Carlos Lopes de Oliveira

    Impossível acabar com o líder do EI. Eles são iguais ao PT. Sai uma porcaria entra outra maior.

    Curtir