Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rússia devolve submarino com dois anos de atraso à Índia

A Rússia devolveu oficialmente à Índia o submarino nuclear russo Nerpa, cujo acidente em 2008 provocou 20 mortes, um ato que acontece com dois anos de atraso, anunciou nesta sexta-feira a agência oficial Itar-Tass.

“A cerimônia oficial da assinatura do acordo (de entrega) foi realizada ontem (quinta-feira) em Bolchoi Kamen (Extremo Oriente russo), onde está atualmente o Nerpa”, informou o Estado-Maior da frota russa, citado pela agência.

O anúncio coincide com o incêndio, na véspera, do submarino russo K-84 Ekaterimburgo, que pertence ao sistema de dissuasão nuclear da Rússia.

O K-152 Nerpa, um submarino de ataque de propulsão nuclear classificado pela Otan como Shuka-B ou Akula, pode levar torpedos em mísseis de cruzeiro.

Uma falha no sistema anti-incêndio em novembro de 2008 provocou a morte de 20 pessoas por asfixia, entre os que havia 17 civis do estaleiro no qual foi construído o submergível, quando realizava exercícios no mar do Japão.

Em junho de 2009, o exército russo assinalou que devolveria à Índia o submarino no final daquele ano, mas a entrega só foi realizada agora.

Nos últimos anos, a Rússia registrou vários incidentes em seus submarinos. O mais grave aconteceu em 2000, quando o Kursk, um dos mais importantes da Marinha russa, naufragou e seus 118 tripulantes morreram devido a um erro na operação de resgate.

O então presidente da Rússia Vladimir Putin foi duramente criticado por sua gestão do acidente.