Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Romney tem vantagem de 50 pontos entre evangélicos

Pesquisa reflete apoio de conservadores contrários ao casamento gay

O provável candidato presidencial do Partido Republicano, Mitt Romney, goza de uma vantagem de quase 50 pontos entre os eleitores evangélicos brancos em relação ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira.

A enquete foi realizada um dia depois que Obama se pronunciou publicamente sobre seu apoio aos casamentos entre homossexuais, em uma entrevista ao canal ABC na qual também reconheceu que esse apoio poderia prejudicá-lo entre alguns setores do eleitorado. Logo após a divulgação da entrevista, Romney confirmou sua oposição ao casamento gay.

Apesar de o atual presidente continuar na frente de Romney entre o eleitorado em geral e entre os independentes, o ex-governador de Massachusetts tem o apoio de sete em cada dez eleitores evangélicos brancos, disse a enquete do Instituto Público de Pesquisa sobre Religião (Prri, na sigla em inglês).

Leia também:

Leia também: Obama arrecada US$ 1 milhão após apoiar casamento gay

Vantagem – Em geral, Obama tem uma vantagem “significativa” de 47% contra 38% de Romney, embora 16% dos eleitores permaneçam indecisos. Além disso, se as eleições acontecessem hoje, Obama teria o apoio de 42% dos independentes, contra 37% que votariam em Romney, aponta a pesquisa.

No entanto, a enquete deixou claras as profundas divisões entre os eleitores de acordo com sua religião. Os eleitores evangélicos brancos, por exemplo, dão a Romney um apoio de 68%, contra 19% de Obama.

Entre os católicos, 46% asseguraram que estariam mais dispostos a votar em Obama que em Romney, a quem dão 39% de seu apoio. Entre estes, os católicos brancos apoiam Romney por uma margem significativa de 48% contra 37% que estão ao lado de Obama, indicou a enquete.

Obama tem vantagem entre os protestantes, com 50% contra 37% que apoiam Romney, enquanto entre os eleitores não filiados a nenhuma religião, as porcentagens de apoio são de 57% e 22%, respectivamente. A pesquisa demonstra que, em geral, os eleitores evangélicos brancos estão abandonando suas reservas em relação ao mórmon Romney.

Dúvidas – Desde outubro de 2011, a maioria dos americanos segue sem saber com precisão a qual religião pertence Obama: 36% o identificou corretamente como “protestante” ou “cristão”, e 39% disse não ter certeza de quais são suas crenças religiosas.

Além disso, 24% dos eleitores evangélicos brancos e 25% dos republicanos identificam incorretamente Obama como muçulmano. Por outro lado, uma ligeira maioria identifica corretamente Romney como mórmon, 12% acredita que pertence à fé cristã, e 35% não tem certeza de suas crenças.

A pesquisa foi realizada entre 1.006 adultos entre os dias 2 e 6 de maio e teve uma margem de erro de 3,5 pontos percentuais.

(Com agência EFE)