Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio terá Centro Mundial de Desenvolvimento Sustentável

Rio de Janeiro, 22 jun (EFE).- A cidade do Rio de Janeiro abrigará o Centro Mundial de Desenvolvimento Sustentável Rio+, uma iniciativa conjunta do governo brasileiro e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

O anúncio foi feito nesta sexta-feira em entrevista coletiva pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e pela diretora do Pnud, Helen Clark, no marco da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

O Brasil considera a criação do centro como um dos ‘grandes legados concretos’ da Rio+20, segundo Izabella, que assinalou a participação da sociedade civil, das universidades e do empresariado na iniciativa.

Clark, por sua vez, citou a presidente Dilma Rousseff, para quem ‘crescer, incluir e proteger ao mesmo tempo só é possível com o desenvolvimento verdadeiramente sustentável’.

O Centro Rio+ ‘nasce com a missão de ser um ponto de referência para a promoção de um dos debates que definem este século: a integração entre as dimensões econômica, social e ambiental do desenvolvimento sustentável’, assinalou em comunicado o Ministério das Relações Exteriores.

O Pnud destacou em comunicado que o Centro Rio+ ‘facilitará a investigação, a troca de conhecimentos e promoverá o debate internacional sobre desenvolvimento sustentável’.

A instituição contará igualmente com o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) do Brasil.

O Rio+ será instalado temporariamente na Coppe/UFRJ, na Ilha do Fundão, na zona norte da cidade, mas a prefeitura carioca definirá nos próximos meses um espaço para sua instalação definitiva. EFE