Rei da Espanha ficará internado por até 5 dias após cirurgia no quadril

Madri, 14 abr (EFE).- O rei Juan Carlos I da Espanha permanecerá ao menos ‘quatro ou cinco dias’ internado no Hospital San José de Madri, onde nesta madrugada foi operado de uma fratura no quadril.

A previsão é de que em dez dias ele possa voltar as suas funções, informou neste sábado o médico Ángel Villamor, chefe da equipe que atendeu o monarca.

O médico deu detalhes da operação. Segundo ele, o rei poderá fazer todo o tipo de atividade física dentro de ‘um ou dois meses’.

Juan Carlos I se recupera em um quarto do hospital USP San José da cirurgia, na qual foi reconstruída a região afetada com a colocação de uma prótese.

A Casa do Rei informou neste sábado que o monarca fraturou o quadril em três partes, em uma queda acidental em sua viagem privada a Botsuana.

Villamor explicou que o acidente ocorreu ao descer um degrau e indicou que durante o trajeto de Botsuana à Espanha o rei viajou sentado, recebendo apenas analgésicos.

O médico considerou ‘muito satisfatório’ o resultado da cirurgia, após a qual o monarca esteve em observação por 8h, e precisou que neste sábado mesmo ele ficará de pé com ajuda de muletas para fazer os primeiros exercícios de reabilitação. EFE