Rei da Espanha é operado em Madri após fratura de quadril

Madri, 14 abr (EFE).- O rei Juan Carlos I da Espanha foi operado na madrugada deste sábado em Madri por conta de uma fratura em três fragmentos no quadril direito, fruto de uma queda acidental durante viagem privada a Botsuana, informou a Casa do Rei em comunicado.

A operação foi realizada no Hospital San José para corrigir a fratura associada a artroses na articulação, e consistiu na reconstrução dos fragmentos da fratura femoral e na implantação de uma prótese de quadril.

O rei Juan Carlos I deu entrada no centro hospitalar assim que retornou de Botsuana, segundo o comunicado, no qual se anuncia um boletim médico mais detalhado nas próximas horas e não se precisam as circunstâncias do acidente.

O doutor Ángel Villamor, responsável pela cirurgia, é o mesmo médico que operou o rei por conta de uma ruptura do tendão de Aquiles do pé esquerdo, em 4 de setembro de 2011, e que implantou uma prótese em seu joelho direito, poucos meses antes, em 3 de junho.

A internação do monarca espanhol acontece na mesma semana em que seu neto Felipe Juan Froilán sofreu um acidente que o mantém em uma clínica de Madri desde segunda-feira.

Felipe Juan, de 13 anos, foi internado depois de ter ferido o pé direito por causa do disparo acidental de uma escopeta de baixo calibre que maneja quando praticava tiro com seu pai, Jaime de Marichalar. EFE