Refugiado de 4 anos some de abrigo em Berlim e provoca indignação na Alemanha

O desaparecimento de um refugiado de quatro anos, que pode ter sido vítima de um sequestro diante de um centro de acolhimento em Berlim, provoca indignação nesta sexta-feira na Alemanha, enquanto a polícia buscava um homem que pode ter raptado o menino. A polícia de Berlim divulgou imagens, feitas por uma câmera de vigilância no dia 1º de outubro, que mostram o pequeno Mohamed caminhando de mãos dadas com um homem, aparentemente com idade entre 30 e 40 anos.

O menino, um bósnio refugiado na Alemanha, carregava um bicho de pelúcia na outra mão. Ambos deixavam o centro de refugiados, Lageso, onde todos os dias se formam imensas filas de espera de demandantes de asilo que tentam registrar sua chegada na Alemanha. A polícia não descartou que se tratasse de um sequestro.

Leia também

Editorial de moda inspirado em refugiados é acusado de ‘oportunismo’

UE: Se crise síria piorar, mais de 3 milhões de refugiados devem chegar à Europa

Alemanha pode receber até 1,5 milhão de imigrantes em 2015

Muitos jornais informam nesta sexta sobre o desaparecimento do menino, entre eles o mais lido no país, Bild, que afirmava que o garoto chegou à Alemanha junto com sua mãe e seus irmãos de nove anos e cinco meses. No dia de seu desaparecimento, a mãe, que fugiu da Bósnia-Herzegovina foi receber o auxílio monetário social que os refugiados têm direito na Alemanha.

(Da redação)