Príncipe Charles atropela cervo na Escócia

O carro que o príncipe dirigia, um Audi A4, ficou "gravemente danificado" no acidente, mas Charles saiu ileso

O príncipe Charles, do Reino Unido, saiu ileso após seu carro colidir com um cervo que invadiu a estrada no final de semana. O britânico de 67 anos conduzia seu Audi A4 em Balmoral, o sítio escocês da rainha Elizabeth II, segundo informou nesta quinta-feira o tabloide Mirror.

A Clarence House, residência oficial do príncipe, se recusou a dar detalhes sobre o incidente, mas uma fonte não identificada informou ao Mirror que o veículo ficou “gravemente danificado”. Charles não sofreu ferimentos, apesar de ter ficado “abalado” com a colisão. Não foi informado se o animal sobreviveu ao acidente.

Leia também:
Conheça os gatos diplomatas do governo britânico
Cameron anuncia renúncia à cadeira no Parlamento britânico
Premiê britânica quer acelerar processo de Brexit

“Charles é um motorista prudente, mas às vezes os cervos se jogam na estrada e não há muito o que fazer. Deve ter sido um susto enorme para ele”, comentou a fonte do Mirror. Diversos membros da família real britânica se reuniram no fim de semana passado em Balmoral, onde o príncipe Charles foi visto dirigindo em um momento de folga de seus compromissos oficiais.

Segundo a Associação de Automobilistas (AA) britânica, entre 40.000 e 75.000 cervos morrem a cada ano nas estradas do Reino Unido. Os acidentes causam ferimentos a mais de 450 pessoas por ano e provocam danos em veículos avaliados em 11 milhões de libras (cerca de 48 milhões de reais).

(Com EFE)