Porto Rico vota por anexação aos EUA, em consulta esvaziada

A escolha sem valor legal de se tornar um estado americano venceu com 97,2% dos votos, mas apenas 23% da população foi às urnas

Os porto-riquenhos votaram neste domingo para que o território seja anexado aos Estados Unidos, como o 51º estado americano. Apesar de a anexação vencer com 97,2% dos votos, o plebiscito sem valor legal foi marcado pela baixa participação do povo e boicotado pela oposição.

Cerca de 2,2 milhões de eleitores foram convocados nesse fim de semana para escolher entre a anexação, a independência ou por manter o status quo. Segundo informações da Comissão Estatal de Eleições (CEE), a anexação ganhou com folga, com 502.605 votos, porém, a participação foi de apenas 23%.

Os resultados eram previsíveis devido ao boicote dos partidos Independentista Porto-riquenho (PIP) e Popular Democrático (PPD), que consideraram a consulta “uma farsa”. Após a divulgação dos números, cerca de 500 pessoas opostas à realização do plebiscito se reuniram em frente à CEE e queimaram bandeiras americanas, cantando “fogo, fogo, os ianques querem fogo”. Convocados por organizações de esquerda, os manifestantes repudiaram o “centenário da imposição da cidadania norte-americana” aos porto-riquenhos e os 118 anos de “dominação colonial”.

Apesar da polêmica, o governador de Porto Rico, Ricardo Rousselló Nevares, anunciou que defenderá perante às autoridades federais e aos fóruns mundiais o resultado do plebiscito. “Recorreremos aos fóruns internacionais para defender a importância de que Porto Rico seja o primeiro estado hispânico dos Estados Unidos”, disse o político, que votou pela anexação.

Veja também

Relação confusa

Porto Rico é um país independente no Caribe que os Estados Unidos tomaram da Espanha em 1898. Em 1952, Washington conferiu à ilha o status de “Estado livre associado“, o que lhe dá como a cidadania e a liberdade de trânsito, além certa autonomia de governo. Por outro lado, os porto-riquenhos não têm a totalidade dos direitos políticos conferidos a outros cidadãos americanos. 

Na atual relação, por exemplo, os porto-riquenhos não podem votar em eleições presidenciais, a menos que residam no continente. O povo da ilha é representado no Congresso por apenas um comissário com voz, mas sem voto, e Washington tem a última palavra em assuntos de seus territórios.

A ilha caribenha atravessa há uma década uma grave crise econômica. Hoje, 46% dos seus 3,5 milhões de habitantes vivem na pobreza e o país está dizimado por uma dívida de mais de 70 bilhões de dólares, que não pode honrar. No mês passado, o território caiu na maior falência de uma entidade americana. Washington passou a supervisionar suas finanças, mas não mostra vontade de resgatar Porto Rico, entre outras razões, porque não é propriamente um estado da União.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. osvaldo reis

    É melhor se tornar um filho adotivo de rico do que viver na miséria absoluta sem nenhuma perspectiva de dias melhores

    Curtir

  2. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    Eu pedi para os EUA anexarem o Brasil e eles disseram: Jamé! Somos livres, não burros!

    Curtir

  3. Povo que não têm virtude acaba por escravo. Trecho do Hino do Rio Grande do Sul.

    Curtir

  4. De modelo a toda Terra
    Sirvam nossas façanhas
    De modelo a toda Terra

    Mas não basta pra ser livre
    Ser forte, aguerrido e bravo
    Povo que não tem virtude
    Acaba por ser escravo.
    Trecho do Hino do Rio Grande do Sul.

    Curtir

  5. Campeão Mundial conquistado pelo Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense em 1983, diante do Hamburgo, da Alemanha. Povo que não têm virtude acaba por escravo!!!!!

    Curtir

  6. Internacional Futebol Clube Campeão do Mundo encima do Barcelona em 2006. Povo que não têm virtude acaba por escravo. Trecho do Hino do Rio Grande do Sul………………………………….

    Curtir

  7. Um estado tão pequeno como o RS, fez tanto assim, é preciso se esforçar e se libertar da dependência e complexo de coitados e vira-latas. Foram seis presidentes gaúchos: Hermes da Fonseca, Getúlio Vargas, Arthur da Costa e Silva, Emílio Garrastazu Médici, Ernesto Geisel e João Goulart que assumiu o cargo, como vice-presidente, com a renúncia de Jânio Quadros. Povo que não têm virtude acaba por escravo…………………

    Curtir

  8. Marcio Gimenes Ruiz

    Emerso Oliveira… pq vc nao pega o hino do RGS e … ?

    Curtir