Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Popularidade de presidente boliviano cai 30 pontos desde janeiro

A aprovação do presidente boliviano, Evo Morales, caiu a 35% em outubro, trinta pontos percentuais a menos de quando começou seu segundo mandato em janeiro do ano passado, segundo uma pesquisa da empresa Ipsos Apoyo Opinión e Mercado divulgada nesta quinta-feira.

Segundo a pesquisa, citada pelo jornal Página Siete, a reprovação ao presidente subiu para 55% dos consultados nas cidades de La Paz, Santa Cruz, El Alto e Cochabamba, as principais do país, o que representa quatro pontos percentuais a mais que o último registro de setembro.

A mesma empresa de pesquisa estabeleceu em janeiro de 2010 que o apoio a Morales, no início de seu segundo mandato de cinco anos, era de 66% nessas mesmas cidades, as mais povoadas da Bolívia.

O recolhimento dos dados ocorreu entre 1 e 10 de outubro, o pior momento para Morales, por conta da violenta repressão policial a uma marcha de indígenas que rejeitavam a construção de uma estrada que atravessaria uma reserva natural, sobre a base de uma amostra de 1.312 pessoas entrevistadas, entre os 18 e 70 anos de idade.