Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Parlamento italiano rejeita projeto de lei contra homofobia

Os deputados italianos rejeitaram nesta terça-feira um projeto de lei contra a homofobia, provocando a ira dos militantes dos direitos dos homossexuais que exigem a intervenção da União Europeia.

É a segunda vez que os deputados rejeitam o texto, que prevê entre outras coisas uma condenação de declarações, gestos e atos homofóbicos.

“Este Parlamento decidiu trair a justiça e apoiar a violência”, disse Paolo Patane, diretor da associação Archigay.

O militante pediu ajuda à União Europeia frente ao que chamou de aumento extremamente perigoso da homofobia, da xenofobia e do racismo. “O Parlamento italiano decidiu legitimar isso tudo”, afirmou.

Um deputado do partido do chefe de governo Silvio Berlusconi (centro-direita), Fabrizio Cicchitto, rejeitou as acusações e justificou a oposição ao texto: “Não queremos uma legislação que diferencie os indivíduos ante a lei (…) o que é também anticonstitucional”.

O projeto de lei foi defendido pelo opositor Partido Democrata, depois de uma primeira votação contrária em 2009.

(Com Agência AFP)