Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ophelia se torna o 10º furacão da temporada no Atlântico

O furacão deve atingir os arquipélagos de Açores e da Madeira antes de alcançar a Irlanda

A tempestade tropical Ophelia ganhou força nesta quarta-feira e se transformou no décimo furacão da atual temporada no Atlântico, após atingir ventos máximos sustentados de 120 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (CNH).

De categoria 1, Ophelia está se movendo a 6 km/h. Na trajetória prevista até então, viaja na direção da Irlanda, mas antes deve atingir os arquipélagos de Açores e da Madeira, ainda neste fim de semana.

Os meteorologistas esperam que o furacão ganhe velocidade nos próximos dias e atinja as ilhas portuguesas ou até mesmo a costa de Portugal como um furacão de categoria 1. Provavelmente alcançará a Irlanda como uma tempestade, que poderia gerar ventos de até 63 km/h por volta da manhã de segunda-feira.

O fortalecimento do Ophelia também representa um marco histórico. A última vez em que uma única temporada de furacões no Oceano Atlântico registrou dez furacões foi em 1983.

Os últimos furacões que atingiram os Estados Unidos e as ilhas do Caribe causaram grande devastação. Nate deixou 26 mortos em Honduras, Nicarágua e Costa Rica na semana passada. O furacão Maria devastou Porto Rico, causando 44 mortes e muitos estragos. Grande parte da ilha ainda está sem eletricidade ou água corrente e mais de 5.700 pessoas ainda vivem em abrigos, mesmo após três semanas.

O Irma causou, ao todo, vinte mortes nos Estados Unidos e devastou as ilhas de São Bartolomeu, São Martinho, Ilhas Virgens britânicas e Anguila no Caribe. O furacão Harvey também provocou fortes chuvas e ventos no Estado americano do Texas, desalojando mais de 30.000 pessoas.

(Com EFE)