Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ONU denuncia 400 mortos na Síria desde início da missão da Liga Árabe

Quatrocentas pessoas morreram na Síria desde que uma missão da Liga Árabe começou a monitorar a situação no país, em 26 de dezembro, afirmou nesta terça-feira o secretário-adjunto da ONU, B. Lynn Pascoe, citado pela embaixadora americana na organização, Susan Rice.

Pascoe deu este novo número durante reunião do Conselho de Segurança sobre a Síria. A ONU havia informado anteriormente que mais de 5.000 pessoas tinham morrido na Síria desde o início dos protestos contra o regime de Bashar al-Assad, em março de 2011.