ONU aprova por unanimidade envio de observadores à Síria

O Conselho de Segurança da ONU aprovou neste sábado por unanimidade uma resolução autorizando o envio de observadores para monitorar o frágil cessar-fogo na Síria.

A resolução 2042 aprova o envio de 30 primeiros observadores militares desarmados, que viajarão em alguns dias. Uma nova resolução será necessária para autorizar uma missão completa de mais de 200 observadores.

Além disso, a resolução convoca o governo sírio a “implementar visivelmente” todos os compromissos adquiridos no âmbito do plano de paz do enviado especial Kofi Annan, incluindo a retirada de tropas e armamento pesado das principais cidades sírias.

Esperava-se que o texto fosse votado na sexta-feira, mas as objeções da Rússia atrasaram o processo. Segundo o embaixador de Moscou na ONU, Vitaly Churkin, “ocorreram mudanças substanciais para equilibrar (o texto)”.

Rússia e China vetaram os últimos dois projetos do Conselho de Segurança em relação à crise síria, que já deixou 9 mil mortos.