Obama se reúne com presidente argentina em meio a polêmica comercial

Cartagena (Colômbia), 14 abr (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reuniu-se neste sábado com a chefe de estado argentina, Cristina Kirchner, durante a realização da 6ª Cúpula das Américas, que está sendo realizada em Cartagena, na Colômbia.

O clima entre os dois países é tenso pois a Casa Branca decidiu retirar benefícios comerciais da Argentina.

Este é o primeiro encontro de ambos desde que Obama suspendeu as preferências comerciais argentinas devido à falta de pagamento das indenizações fixadas por um tribunal arbitral para duas empresas americanas com ativos no país sul-americano

Segundo a presidência argentina, Obama manifestou a Cristina sua vontade de que ambos continuem ‘sendo parceiros e amigos’. A suspensão dos benefícios ainda não entrou em vigor, pois foi fixado um prazo de 60 dias para sua aplicação.

Já a Casa Branca divulgou que Obama e Cristina combinaram abordar assuntos econômicos e temas regionais. ‘Temos diferenças ocasionais’ com a Argentina, mas ‘não queremos que isso complique nossa ampla cooperação em questões econômicas, de energia e segurança’, explicou aos jornalistas o conselheiro adjunto de Segurança Nacional da Casa Branca, Ben Rhodes, que está em Cartagena.

O encontro, de acordo com fontes argentinas, foi solicitado pelo governo dos EUA, teve uma ‘agenda aberta’ e só contou com a presença dos dois líderes e de intérpretes.

A última vez que os governantes dos dois países se encontraram foi em D’Azur francesa, na França, em novembro de 2011, durante uma reunião do G20. EFE